Websérie torna ‘A Mulher do Prefeito’ mais atraente

Na novela

'Cheias de Charme' a Globo finalmente decidiu investir pesadamente na união entre a TV e a internet. Antes disso, em algumas tramas, personagens de novelas já tinham seus blogs ou surgiam pequenas incursões na tão pouco usada 'interação virtual' na dramaturgia.

Pois foi com o clipe das Empreguetes, lançado do site na emissora, que ficou óbvio o quão bacana pode ser para o público que tem acesso aos computadores ter esses pequenos "presentes" das tramas que eles acompanham e gostam.

Agora chegou a vez de mais um recurso bacana: a websérie. Em 'A Mulher do Prefeito', seriado que estreou recentemente (em 04 de outubro), o personagem de Tony Ramos está cumprindo prisão domiciliar. E aí, para passar o tempo e tentar "limpar sua barra", Reinaldo Rangel, agora ex-prefeito, tenta gravar em vídeo uma autobiografia.

Cada capítulo segue a mesma linha cômica (e, pelo visto, absurdamente canastrona) da história principal exibida na TV. Essa me parece uma forma muito interessante de ter conteúdo a mais além do tempo permitido da grade da emissora.

Lembrando que alguns seriados gringos já fizeram isso, como 'True Blood', mestre na arte de soltar pequenas historinhas paralelas apenas na internet para complementar os temas retratados em suas temporadas, para delírio dos fãs.

Tá curioso? Para assistir aos episódios da tal "biografia" que já estão disponibilizados basta clicar aqui.

E preciso confessar aqui que ainda não vi nenhum episódio de 'A mulher do Prefeito' mas até fiquei curiosa após assistir aos vídeos. Acho Tony Ramos um canastrão divertido. Deve ser a veia nostálgica de quem sempre gostou das novelas da Globo.