Os segredos de ‘CSI: Crime Scene Investigation’

'CSI: Crime Scene Investigation'

(ou algo como 'Investigação da Cena do Crime') já entrou para a categoria de clássicos da televisão. A série estreou na TV no ano 2000 mostrando o trabalho de cientistas forenses que investigavam - sempre usando a ciência - crimes em Las Vegas.

Leia também:
‘Almost Human’ tem robô sentimental e policial traumatizado
‘Elementary’ desperdiça um grande personagem

Depois surgiram spin-offs (programas 'derivados' de outros programas) em Nova Iorque e Miami, mas que foram cancelados nos últimos anos. Para mim - e pelo visto para muito gente - nenhum foi tão bom quanto o original que já está na sua décima quarta temporada.

Muitos atores e diretores bacanas trabalharam em 'CSI'; o idolatrado Quentin Tarantino dirigiu um episódio especial divido em duas partes - 'Grave Danger' - na quinta temporada. Seguindo a linha 'pop', até mesmo os cantores Justin Bieber e Taylor Swift já ganharam papéis na trama. Resumindo: todo mundo quer uma pontinha no seriado mais legal de Vegas.

Uma das vantagens do programa, para quem não é muito bom em manter um compromisso sério e acompanhar episódio por episódio de cada temporada, é que os casos, na maioria das vezes, são independentes. Existem alguns dramas e mistérios pessoais dos personagens mas normalmente não são o foco. Você pode começar a terminar um caso durante os 60 minutos de exibição.

E esses casos sempre são muito interessantes. Mais de um por episódio. Variando entre drama e humor de uma forma bem coerente com a estrutura da série. Pois eu tive a oportunidade de conversar com Liz Devine, ex-investigadora da polícia de Los Angeles que virou consultora de muitas dessas histórias. Atualmente, além de roteirista ela também é produtora da série.

Veja aqui como foi esse bate-papo:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos