Joshua Bowman mostra por que vale assistir ‘Revenge’


Joshua Bowman é lindo, bem humorado e já foi até jogador de rugby

. Atualmente ele também é Daniel Grayson em 'Revenge' e um astro do rock na campanha de moda da marca 'John John'. Além disso, ele é inglês. E tem sotaque de quem nasceu e cresceu na Inglaterra - mas isso só é possível perceber quando ele não está atuando no seriado, que está finalizando sua terceira temporada.

Leia também:
Personagens de seriados inspiram nomes de recém-nascidos
Ashton Kutcher tem o maior salário da TV nos EUA

Daniel Grayson é uma peça chave no universo rico e cheio de vinganças elaboradas de Hamptons. Às vezes playboy, às vezes empresário, às vezes bom moço, às vezes malicioso, às vezes irritante, às vezes manipulável, às vezes manipulador. É um personagem importante - de diferentes maneiras - para as duas mulheres que tornam o seriado interessante: Victoria (interpretada pela musa Madeleine Stowe) e Emily/Amanda (Emily VanCamp, que também é namorada de Joshua no mundo real).

Se você nunca ouviu falar de 'Revenge', eis um resumo: a família Grayson acabou com a vida de David Clarke. Sua filha, Amanda, assume uma nova identidade - Emily Thorne - e, anos depois, retorna para se vingar de todos os envolvidos, principalmente de Victoria Grayson, mãe de Daniel e por quem David era apaixonado. É por aí.

'Revenge' não é uma grande série. Pelo menos nunca despertou uma paixão avassaladora em mim. Mas sempre que ouço alguém criticar de forma depreciativa, a pessoa compara o programa com o estilo de novelas. Não acho que isso seja um defeito. Na verdade, o que mais gosto em 'Revenge' é que parece novela com uma grande dose de dramalhão e personagens desnecessários misturados com outros que são muito bons. Para mim é ótima para passar o tempo se você não espera grandes atuações e desfechos. Afinal minha gente, nem tudo precisa ser genial para distrair, divertir e entreter.

Pois Joshua Bowman, que nunca fez nada de muito representativo na TV e cinema mundiais até esse seriado, esteve no Brasil para divulgar a marca de roupas que tem a 'sua cara'. E foi com muito bom humor que ele conversou comigo sobre o seu personagem que arranca suspiros e muitas meninas e meninos por aí, sobre a diferença entre trabalhar nos Estados Unidos e na Inglaterra, o seu trabalho como modelo e 'otras cositas más'. Veja aqui como foi a entrevista:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos