Na Record, Carlos Lombardi diz que não guarda mágoas da Globo

Yahoo! Entretenimento

Prestes a estrear na Record com a novela 'Pecado Mortal', o autor Carlos Lombardi disse, em entrevista ao 'iG', que trabalhar na Globo foi uma grande experiência. Ela ainda garantiu que deixou a casa, após 31 anos de dedicação, sem guardar rancores.

Leia mais:
Glória Perez volta ao trabalho: ‘Três projetos internacionais me esperam’
Rodrigo Hilbert e Giovanna Lancellotti viverão par romântico em nova novela

"Não se guarda mágoa de pessoa jurídica. Tenho orgulho de ter participado (com mais trocentas pessoas) da criação do Padrão Globo de Qualidade. Foram 31 anos intensos em que fui feliz a maior parte do tempo e tive o privilégio de trabalhar ao lado de profissionais fantásticos e de conhecer muita gente interessante. Nada é perfeito – mas os momentos ruins são uma gota num oceano bastante gostoso."

Lombardi é autor de vários sucessos globais. Entre eles estão as tramas 'Quatro Por Quatro', 'Bebê a Bordo' e 'Pé na Jaca'.

Na nova emissora, ele já encara o desafio da reestruturação financeira que gerou demissões em massa. O autor assumiu que precisou realizar algumas alterações em seu folhetim, mas que nada ficou comprometido.

“Mudamos alguns planos, nos adaptamos. Trabalhar em televisão é sempre se adaptar ao real e ao possível, não vi diferenças significativas entre este processo e outros por que passei nos meus trinta e vários anos de trabalho”, contou.