“Irrecusável, parece feito para mim”, diz Jean Pierre Noher sobre papel em ‘Flor do Caribe’. Ator também faz revelação sobre personagem!

Vanessa Paes Barreto

Cassiano (Henri Castelli) e Duque (Jean Pierre Noher) finalmente conseguirão escapar das garras de Dom Rafael (Cesar Troncoso) em 'Flor do Caribe'. Mas o mais interessante é que a parceria entre o falsificador e o "brasileiro" é tão boa que até os momentos mais tensos da fuga são divertidos.

Leia também:
'Flor do Caribe' é cativante e tem tudo para agradar
Exclusivo: "Apenas me divirto", afirma Bruno Ferrari sobre atuar

No capítulo da próxima quinta-feira (4), por exemplo, Cassiano e Duque serão acolhidos por Cristal (Moro Anghileri) e Amaralina (Sthefany Brito) na boate La Noche e fugirão de lá vestidos como dançarinas da casa de shows. Com muito humor e com a ajuda das novas amigas, a dupla consegue fugir e embarcar em um navio a caminho de Vila dos Ventos.

A dobradinha da trama parece ter dado certo também fora dos estúdios. Jean Pierre Noher é só elogios quando fala de Henri Castelli. "Ele é um parceiro incrível e está em um momento extraordinário de sua carreira", afirma o argentino, ressaltando que o galã da novela das seis também é alto astral.

O ator, que já filmou mais de 14 filmes no Brasil e participou de sucessos como 'A Favorita', 'Viver a Vida' e 'Avenida Brasil', tampouco poupou elogios ao diretor Jayme Monjardim e à teledramaturgia brasileira. "Estou muito satisfeito em trabalhar novamente com o Jayme. A novela brasileira é um fenômeno, quase como foi a bossa nova", disse ao Folhetim.

"Agradeço muito por este convite. Foi irrecusável, parece que o Duque foi feito para mim. Ele tem muitas variáveis e muito humor", complementa, contando que a equipe de 'Flor' é muito unida e competente.

Personagem de Sthefany Brito pode ser neta de Duque

No começo das gravações, Jean Pierre ainda não sabia se Duque era um espião de Dom Rafael, mas hoje o ator já arrisca um palpite: o falsificador é do bem. "Acho que ele não é vilão, mas esconde muitos segredos e também é muito sedutor. Ele vai enfrentar alguns problemas quando estiver livre, vai namorar e talvez encontre sua neta. Deve ser a personagem de Sthefany Brito", revela.

O ator explica que construiu o personagem "de dentro para fora". Primeiro compondo seu visual (cabelo, barba, chapéu e óculos) e depois se concentrando e decorando os textos. "A história é maravilhosa, até eu me surpreendo quando recebo os capítulos", finaliza.

Em tempo: ao que tudo indica o folhetim de Walther Negrão também está agradando ao público. Apesar de uma semana de estreia tímida, 'Flor' vem se recuperando a cada dia e bateu seu próprio recorde de audiência, alcançando 24 pontos de média no Ibope, na última segunda-feira (1), superando a antecessora 'Lado a Lado' no mesmo período.

Siga-me no Twitter: @vanessapbm