Com música de abertura de Arnaldo Antunes, “Programa da Sabrina” estreará com uma Japa mais contida

Um pouco mais contida, mas sem perder a ternura, ou melhor, a essência. Assim será a Japa no "Programa da Sabrina", que estreará neste sábado, às 20h30, na Record. Será a prova dos nove da ex-BBB, que virou musa do "Pânico na TV" e que, após dez anos, decidiu encarar seu primeiro voo solo. A atração terá duas horas meia e virá antes do "Legendários". Aliás, o programa tem a direção de Cesinha (que também comanda o programa de Marcos Mion) e de Rita Fonseca (ex-"O Melhor do Brasil"), duas feras da casa.

A própria Sabrina Sato admitiu, hoje na Record, durante o lançamento de sua atração, que seu programa ainda está em formação. Ele terá dois quadros enormes, o "Sabrina Esteve Aqui" e o "Meu Marido É o Cara", este último, só para se ter uma ideia, é um game show com casais que vai durar quase uma hora. Há também outros dois quadros menores, por enquanto. "Gravei até o agora o primeiro programa. A gente não tem nem abertura ainda, mas a música é linda. É do Arnaldo Antunes. Ele me deu de presente", disse a Japa sem saber que informação era sigilosa. Ela continuou: "A gente vai arrumando, ajustando mesmo, o programa conforme ele for sendo exibido. Ele está mais ou menos como os estádios da Copa do Mundo do Brasil: quase pronto", brincou.

As palavras de Sabrina dão mais ou menos a ideia de correria. Sim, a Record tinha pressa de estrear sua atração. Afinal, a contratação da bela mexeu com o mercado televisivo. "Está sendo corrido, mas eu prefiro assim. A gente tinha de estrear", completou a moça. Apesar de continuar engraçada e rindo à toa, a Japa, quando lembra, está mais comportada (ou contida para alguns). Ela tentou fazer um curso com a preparadora de elenco Fátima Toledo. No entanto, só conseguiu fazer duas aulas que parecem ter surtido efeito. Sabrina está falando pausadamente, segura o riso quando fala de algo sério, tem postura para se pronunciar e está mais recatada (e a roupinha social que escolheu para o lançamento ajudou muito nessa impressão).

"A gente não quis mudar a Sabrina. Queremos ela solta no palco. Ela fez fono para melhorar a forma de falar e quis fazer aulas com a Fátima Toledo para ter uma postura mais séria quando necessário", contou Rita Fonseca, uma das diretoras.

Mas e o figurino? Será que a Japa não vai usar mais aquelas roupas, digamos, diminutas que fizeram tanto sucesso no "Pânico"? "Vocês terão de ver no sábado", disfarçou. Mas o blog adianta: Sabrina virá num vestido preto, assinado por Patrícia Bonaldi, e um tanto recatado (na verdade, ela fará uma brincadeira com a vestimenta). Vale conferir.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos