Tadeu Schmidt anuncia mudanças no BBB 23

RIO DE JANEIRO, RJ (FOLHAPRESS) - O BBB 23 começa no dia 16 de janeiro e, nesta segunda-feira (2), o apresentador Tadeu Schmidt revelou algumas novidades sobre a nova edição em um vídeo.

Ele anunciou que o prêmio final do reality, da Globo, não será mais fixado em R$ 1, 5 milhão e que o líder da cada semana terá mais regalias do que nas temporadas passadas.

"E o nosso Big Brother Brasil que está chegando, hein? Eu já estou na contagem regressiva e quero deixar tudo pronto para o grande dia. Vocês têm noção de que falta menos de um mês para a estreia do BBB 23?", começou Tadeu bastante empolgado na publicação.

Na sequência, ele avisou que a casa está toda reformada e praticamente pronta para receber os participantes. O apresentador acabou entregando a questão da premiação para o campeão da atração. "O prêmio final vai mudar ao longo da temporada? Sim, o brother ou sister tem que disputar as provas. Todo mundo vai precisar lutar para ser anjo e para ser líder", despistou.

Quanto as tradicionais dinâmicas do reality, não existem grandes mudanças. As festas, as provas de resistência, a votação no confessionário e o jogo da discórdia serão mantidos. O que muda é o poder do líder. "Quem conquistar a liderança vai ficar no controle. O líder terá novos poderes, mas precisará saber jogar", finalizou o apresentador.