Tadeu abusivo? Primeira vez de Zefa em "Pantanal" divide opiniões

Primeira vez de Zefa repercutiu nas redes sociais (Foto: Reprodução/Globo)
Primeira vez de Zefa repercutiu nas redes sociais (Foto: Reprodução/Globo)

A tão esperada primeira vez de Zefa (Paula Barbosa) aconteceu no capítulo desta terça-feira (30) em "Pantanal". A cena, porém, dividiu opiniões nas redes sociais. Embora tivesse vontade de se relacionar com Tadeu (José Loreto) intimamente, a personagem não queria que o ato acontecesse antes do casamento.

Cheio de tesão, Tadeu falou que não tinha o desejo de casar e sugeriu a separação para que a moça pudesse realizar seu sonho com outro homem. Apaixonada e com medo de perder o peão de vez, Zefa se sentiu pressionada e resolveu transar naquele mesmo momento. No dia seguinte, no entanto, a personagem foi inundada pelo sentimento de culpa.

Para alguns internautas, o comportamento de Tadeu foi tóxico e abusivo. Muitas mulheres interpretaram que ele colocou a namorada "contra a parede" e a manipulou para que o sexo acontecesse sem respeitar seus sonhos e crenças. Outras pessoas defenderam o personagem de Loreto, pois ele foi sincero e só foi adiante quando Zefa consentiu a relação.

Repressão sexual feminina

Para além do debate iniciado nas redes sociais, a trama levantou outra discussão importante: a repressão sexual feminina, fruto do patriarcado. Ao consolar a nora, Filó (Dira Paes) falou sobre a importância das mulheres sentirem prazer e se desapegarem de pensamentos retrógados.

"O pai falava que essas coisas só depois de casada. Que isso pode ser uma desgraça na vida de uma mulher de bem", desabafou Zefa, aos prantos. "Só homem pode ter os desejos? A mulher não pode ter as vontades também?", questionou Filó, preocupada com a nora. "Mas assim o homem vai embora", lamentou Zefa, com medo de perder Tadeu. "Só homem que não presta. Pode ser solteiro, pode ser casado. Isso não muda!", afirmou a personagem de Dira Paes, prometendo dar uma bronca no filho.