Taís Araújo é ouvida em delegacia do Rio depois de sofrer ataque racista na internet

Giovani_Lettiere
image

Taís Araújo foi vítima de injúrias raciais no fim de semana em sua página no Facebook ao postar a foto acima. Foto Reprodução/Facebook

Taís Araújo está neste momento - manhã de quarta-feira (4) - sendo ouvida na DRPCI (Delegacia de Repressão aos Crimes de Informática) em Benfica, na zona norte do Rio. A atriz ajuda na investigação do crime de injúria racial a que foi vítima no fim de semana.

No sábado (31) à noite, a página oficial dela no Facebook foi invadida por comentários racistas - do tipo: “Já voltou da senzala?” e “Cabelo de esfregão” - abaixo de um foto antiga em que ela mostrava o novo visual.

Taís chegou à delegacia acompanhada de seu advogado, Marcelo Salomão, informou uma fonte do Yahoo!. O depoimento deve seguir até o começo da tarde, quando a atriz deixa a delegacia para gravar cenas da série “Mister Brau” num condomínio da Barra da Tijuca, na zona oeste do Rio.

Os autores do crime - que gerou revolta na internet, com apoio de muitos famosos e a hashtag #somostodostaisaraujo no topo dos trending topics do Twitter no fim de semana - estão sendo identificados e, depois, prestarão depoimento na delegacia. O inquérito foi instaurado pelo delegado Alessandro Thiers. Taís divulgou uma carta-desabafo em sua rede social, na qual dizia que “não iria se intimidar”.

Leia também: ‘Os Dez Mandamentos’: Record adia abertura do Mar Vermelho pela terceira vez

Siga o colunista no Twitter: @giovanilettiere