Técnico e presidente do PSG faltam à festa de aniversário de Neymar

***ARQUIVO***PARIS, FRANÇA, 28.01.2018: O atacante brasileiro Neymar, comemora seu gol na partida entre Paris Saint-Germain (PSG) e Montpellier, válida pela 23ª rodada do Campeonato Francês de Futebol 2018, no Estádio Parc des Princes, em Paris, França. (Foto: Ricardo Nogueira/Folhapress)

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - A festa de aniversário de 28 anos de Neymar, que aconteceu na noite deste domingo (2) em Paris, não agradou a todos os colegas do jogador.

De acordo com o jornal Le Parisien, o brasileiro convidou todos os companheiros do PSG para a festa. Alguns, como Marcin Bulka, o polonês que é terceiro goleiro do PSG, foram; já outros, como o diretor esportivo Leonardo, o técnico Thomas Tuchel e o presidente Nasser Al-Khelaïfi não estiveram presentes.

Mbappé e Kimpembe curtiram apenas o final da festa, chegando mais tarde que os demais jogadores. 

Tuchel já havia dado a entender que não iria à festa de Neymar, alegando que ela é "uma distração" e que "faz parecer que nós não somos sérios".

"Podemos passar a imagem de que não somos profissionais. As coisas não são pretas ou brancas. Existem muitas maneiras de escrever entre preto e branco. Eu sei que todo mundo gosta de falar em preto e branco, mas isso é uma pena. Dá a impressão de que não somos 100% focados e profissionais. É uma pena, mas não quero falar muito sobre isso. As coisas estão ótimas porque conversamos muito sobre isso", afirmou o treinador em uma entrevista coletiva, antes da festa.

Por outro lado, estiveram na festa Edinson Cavani, Marco Verratti, Thiago Silva, Leandro Paredes, Angel Di Maria, Mauro Icardi e o atacante holandês do Lyon, Memphis Depay. Amigos próximos, como Gabriel Medina e Nego do Borel, além da irmã de Neymar, Rafaella Santos, também marcaram presença.

De acordo com jornal francês L'Équipe, a festa aconteceu na casa noturna Yoyo, que fica no 16° arrondissement de Paris. Trata-se de um clube moderno, localizado no coração do Palácio de Tóquio, que acolhe regularmente eventos musicais, culturais ou festas particulares em seu espaço modular de 900 m², que pode acomodar até 800 pessoas. O traje obrigatório para os convidados eram roupas brancas.