Filme mostra os bastidores do crime de Suzane von Richthofen. Veja trailer

Carla Diaz como Suzane von Richthofen (Divulgação)

Um dos crimes que mais chocaram o país, o assassinato do casal Manfred e Marísia, virou filme e ganhou o primeiro trailer nesta segunda-feira (3). Eles foram mortos a pauladas pela filha, Suzane von Richthofen e os irmãos Cravinhos, em 2002.

Já conhece o Instagram do Yahoo Vida e Estilo? Siga a gente!

Nas cenas é possível ver uma Susane até então desconhecida pelo público. Intensamente apaixonada pelo namorado, usando drogas e mais livre e menos tímida do que a mulher que ganhou as capas dos jornais desde o enterro dos pais.

Leia também

Estrelado por Carla Diaz, o longa contará com a história do assassinado por dois olhares: o da Susane e o de Daniel Cravinhos. “A menina que matou os pais” e “O menino que matou meus pais” chegam às salas de cinema em abril e prometem uma experiência única.

“É um caso único no cinema mundial essa produção exatamente da mesma história, porém com olhares diferentes. É uma oportunidade para o público analisar e chegar à sua própria conclusão sobre os fatos", diz comunicado emitido pela produtora do filme.

O longa não tem ligação, ou participação, dos réus do caso e o roteiro foi baseado no processo e julgamento do ex-casal. Condenada a 30 anos de prisão, ela cumpre pena em São Paulo e recentemente foi classificada na 8º posição pelo Sisu para cursar turismo.