Suspeita de 10 homicídios é presa após entrar em facção por desavença com o ex-namorado

Redação Notícias
·1 minuto de leitura
Valesca Teixeira teria entrado para uma facção criminal por desavenças com o ex-namorado. (Foto: Reprodução/Redes Sociais)
Valesca Teixeira teria entrado para uma facção criminal por desavenças com o ex-namorado. (Foto: Reprodução/Redes Sociais)

Uma jovem de 22 anos suspeita de participação em ao menos 10 homicídios na cidade de Itaitinga, no Ceará, foi presa em São Paulo na noite da última sexta-feira. Valesca Teixeira teria entrado para uma facção criminal por desavenças com o ex-namorado.

De acordo com informações do G1, a mulher estava foragida na capital paulista e já foi levada para o Ceará. A polícia concluiu que os crimes foram motivados pelo término da relação com o ex-companheiro, Zé Flávio, que atuava em uma facção rival.

Valesca teria iniciado relacionamento com um integrante da facção inimiga da do ex, acirrando a disputa entre elas e dando início a uma onda de assassinatos.

Leia também

A investigação apontou que a mulher seguiu recebendo informações sobre a facção de Zé Flávio e passou a repassá-las ao atual companheiro. As organizações criminosas, então, deram início a uma “troca de assassinatos”, eliminando diversos integrantes dos rivais.

Em meio à onda de crimes, Valesca teve a irmã e o cunhado mortos pelo grupo de Zé Flávio. Agora, ela responderá pela participação em pelo menos 10 assassinatos, além de diversos outros crimes.