Susana Vieira e sua sinceridade: "Morro de medo de ficar pobre"

Susana Vieira está de volta às novelas em 'Éramos Seis' (Foto: Roberto Filho / Brazil News)

Susana Vieira foi o centro das atenções na apresentação da novela “Éramos Seis”, a próxima novela das seis da TV Globo, na última segunda-feira (16). E nós contamos tudo sobre a passagem do furacão.

Já conhece o Instagram do Yahoo Vida e Estilo? Segue a gente!

Feminismo

A veterana deu sua opinião sobre feminismo e machismo. “Nunca tive que ir para a rua batalhar. Nunca tive que colocar camiseta de ‘não encosta em mim’. Eu mesma disse para quem eu quis: ‘Não encosta em mim’. Deixei quem eu quis encostar e quem não quis, não. (...) Então, para mim, mulher que trabalha, que foi para a rua, que se veste, se maquia é feminista. Todo mundo colocando dinheiro em casa. E os maridos machões até hoje. Se você der um pouquinho de confiança para qualquer homem, eles serão machistas.”

“Nunca dei confiança para ninguém invadir uma coisa que eu não quisesse. Nunca dei para ninguém, não precisei fazer sofá de nada. Então, não estou nessa briga toda que as pessoas estão. O feminismo na minha vida existiu naturalmente."

Leia também

Privilégios

E sem esse papo de privilégios...

“Trabalho desde os 16 anos porque quis, porque era bailarina. Não era porque precisava ajudar em casa não. Era ‘artista’. Minha mãe trabalhava na embaixada do Brasil com meu pai. (...) Nunca batalhei por nada, fiz o que quis. Entrei na televisão na hora que eu quis. Fui trabalhar e trabalhar é muito bom. Na televisão, então, show de bola.”

Pobreza

E sincera como sempre, a atriz afirmou que tem pavor de ficar sem dinheiro.

“Morro de medo de ficar pobre, mas tenho uns cinco apartamentos para vender antes de ficar pobre e uns 20 anos de vida ainda. Hoje em dia, economicamente mais segura, se eu parar de trabalhar quatro, cinco meses, aquele dinheiro já gastei. Gasto dinheiro mesmo, não sou de guardar. Quero ir toda hora para Miami (EUA) porque minha família mora lá. Quis ir para Dubai de Emirates, primeira classe, e fui. Estou pagando até hoje.”

Autoestima

“Não me sinto uma diva, vocês me chamam de diva. Estou aqui bonita, renovada. O trabalho me rejuvenesce. Nunca me senti mal com a minha imagem. Quando me olho no espelho posso me sentir gorda, como toda mulher. Têm mulheres magérrimas que se sentem gordas. Sobre autoestima? Aprenda a ser autoestima, aprenda.”

Às lágrimas

Longe do trabalho desde 2017, quando participou da supersérie 'Os Dias Eram Assim’, Susana foi ovacionada em seu retorno às novelas. A atriz se distanciou do trabalho para tratar uma leucemia. Aos gritos de “Susana Vieira, diva brasileira”, a veterana não conteve as lágrimas. “Muito obrigada, nunca poderia imaginar”, agradeceu.