Sula Miranda detalha parceria gospel com mãe de Marília Mendonça: "Propósito de Deus"

Sula Miranda e Dona Ruth em
Sula Miranda e Dona Ruth em "Juntos na Fé". Foto: Rogério Fidalgo/AgNews

Resumo da notícia:

  • Sula Miranda detalha convite para Dona Ruth em DVD gospel

  • Em entrevista ao Yahoo, cantora abriu o coração sobre o novo projeto

  • Álbum "Juntos na Fé" será lançado por completo na próxima sexta-feira (30)

No primeiro DVD de sua carreira, o "Juntos na Fé", Sula Miranda reúne Naldo Benny, Bochecha, Yudi Tamashiro e Dona Ruth. O álbum gospel gravado numa igreja no Rio de Janeiro, chega ao público por completo no próximo dia 7 de outubro.

Em entrevista ao Yahoo, a cantora abre detalhes sobre a escolha da mãe de Marília Mendonça, que não era cantora até então, para compor o time de colaboradores do projeto. Em momento de luto, menos de um ano da morte da Rainha da Sofrência, Ruth não hesitou em aceitar a proposta da irmã de Gretchen.

Convite

Dentre as quatro participações, Dona Ruth é, de fato, a mais surpreendente e Sula Miranda explica que pensou na mãe de Marília após quase fechar uma colaboração com Joelma. “Dona Ruth foi o convite mais inusitado. Eu queria chamar uma mulher e já tinha tentado cantoras que eram da música popular brasileira e que eu via que professam uma fé cristã, mas, infelizmente, não consegui chegar até elas. Única que cheguei mais perto foi Joelma, mas ela estava com problema de saúde, agenda fora do Brasil, não foi possível”, conta.

Ela destaca como o retorno rápido de Ruth foi determinante para entender que o encontro deveria acontecer. “Me veio à mente a Dona Ruth. Imediatamente, eu tentei um contato, porque eu não tinha nenhum tipo de contato com ela. Aí veio a resposta muito rápida, imediata praticamente", declara. "Foi uma confirmação de que isso, dentro do que eu creio, é um propósito de Deus de estar nos unindo", completa.

Experiência da gravação

Ao definir como uma experiência incrível desde o início, Sula exalta a humildade, entrega e interesse de Ruth em aprender. "Até então, ela não era uma cantora. Se torna, a partir de agora, uma cantora oficialmente. Não sabemos se ela vai querer dar continuidade a isso. Mas ela veio pela fé. Veio porque queria professar a fé dela, adorar a Deus e louvar", declara.

"Tenho um respeito muito grande por ela como pessoa e o meu vínculo com ela se tornou uma nova amizade sincera e que só vejo isso Só vejo a Ruth, uma guerreira, uma pessoa incrível, que tem as suas dores, como também tive as minhas, temos histórias de perdas e dor, que compartilhamos e é isso", completa.

Sula ainda ressalta como enxerga Dona Ruth como uma mulher de Deus, que tem lutado no dia a dia para poder se fortalecer. "E através da vida dela, outras pessoas podem se fortalecer na palavra de Deus”, conclui.