Número de suicídios entre adolescentes aumentou depois de '13 Reasons Why', diz estudo

(Imagem: divulgação Netflix)

O número de suicídios entre adolescentes nos Estados Unidos aumentou 30% um mês depois que a primeira temporada de ‘13 Reasons Why’ estreou na Netflix, em 31 de março de 2017. O dado faz parte de um levantamento divulgado nesta terça-feira no jornal da Academia Americana de Psiquiatria Infantil e Adolescente.

Já conhece o Instagram do Yahoo Vida e Estilo? Segue a gente!

Os pesquisadores compararam o número de jovens entre 10 e 17 anos que tiraram a própria vida em abril de 2016 e abril de 2017, logo após o lançamento da série, e verificaram o crescimento dos casos. Foram 190 suicídios, número mais alto para os últimos cinco anos.

"Os criadores da série retrataram intencionalmente o suicídio da protagonista. É uma representação muito explícita da morte por suicídio, o que pode desencadear um comportamento suicida", argumenta Jeff Bridge, o principal autor do estudo.

Esta não é a primeira vez que especialistas apontam problemas na forma como ‘13 Reasons Why’ aborda o suicídio. A primeira temporada gira em torno de uma jovem que decide se matar e deixa fitas para os colegas de escola, explicando os motivos para a atitude. A cena do suicídio da personagem é mostrada de forma explícita.

Tradicionalmente é recomendado que o suicídio seja um assunto tratado com precaução e sem glamourização pela mídia, para evitar o chamado “Efeito Werther”, quando tais acontecimentos servem como gatilho para outros indíviduos cometerem o mesmo ato.

(Imagem: divulgação Netflix)

“Acabamos de ver o estudo, que tem resultados diferentes de outra pesquisa da Universidade da Pensilvânia, e estamos examinando-o”, disse um porta-voz da Netflix, para o New York Times. “É um argumento de importância crítica e nós trabalhamos duro para tratá-lo com responsabilidade.”

A diferença entre os estudos é que, no caso da Universidade da Pensilvânia, foram ouvidas pessoas entre 18 e 29 anos, faixa na qual a pesquisa feita na ocasião não detectou alterações significativas no indíce de suicídios.

A segunda temporada de ‘13 Reasons Why’ estreou no ano passado. Uma terceira já foi encomendada pelo serviço de streaming, mas ainda não há previsão de estreia.