"Succession" e "Ted Lasso" voltam a conquistar prêmios principais do Emmy

Premiação do Emmy para "Succession"

Por Lisa Richwine e Danielle Broadway

LOS ANGELES (Reuters) - O drama de dinastia midiática "Succession" e a comédia "Ted Lasso" levaram os principais troféus do Emmy na segunda-feira, e um ator de "Round 6" conquistou um grande prêmio de atuação na cerimônia de Hollywood para televisão.

"Succession" foi eleita a melhor série dramática, um prêmio que a série da HBO ganhou em 2020, antes de a pandemia da Covid-19 interromper seu cronograma de produção. A série, que garantiu quatro troféus no total, conta a história da família Roy em disputa pelo poder.

A série da Apple TV+ "Ted Lasso" também é uma vencedora repetida, conquistando o prêmio de melhor comédia pelo segundo ano consecutivo por sua história de um treinador de futebol americano liderando um time de futebol britânico. Seus astros Jason Sudeikis e Brett Goldstein foram vencedores pela segunda vez de melhor ator de comédia e ator coadjuvante.

Da mesma forma, os eleitores homenagearam a estrela de "Euphoria" Zendaya como melhor atriz de drama e Jean Smart, de "Hacks", como melhor atriz de comédia. Foi a segunda vitória para cada uma dessas categorias.

Um recém-chegado foi Lee Jung-jae, que foi eleito melhor ator de drama por seu papel no thriller sul-coreano "Round 6". A história distópica sobre competidores sem dinheiro arriscando suas vidas por riqueza se tornou uma sensação global após lançamento na Netflix há um ano.

O ator agradeceu a equipe de "Round 6" por "fazer com que problemas realistas que todos temos que enfrentar ganhem vida de forma tão criativa na tela".

A série mais premiada da noite foi "The White Lotus", da HBO. Ganhou 10 prêmios, incluindo melhor série limitada e troféus de atuação para Jennifer Coolidge e Murray Bartlett. Essas vitórias ajudaram a HBO e o serviço de streaming HBO Max a liderar a disputa com 38 premiações no geral.