Stevie Wonder vai se mudar dos EUA para Gana por causa do racismo

Rafael Monteiro
·1 minuto de leitura
Stevie Wonder speaks before he performs and before Democratic presidential candidate former Vice President Joe Biden and former President Barack Obama speak at a rally at Belle Isle Casino in Detroit, Mich., Saturday, Oct. 31, 2020. (AP Photo/Andrew Harnik)
Stevie Wonder (AP Photo/Andrew Harnik)

Stevie Wonder planeja se mudar dos Estados Unidos para Gana. Em entrevista à apresentadora Oprah Winfrey, ele explicou que a decisão foi tomada para proteger a família do racismo.

"Não quero que os filhos dos meus filhos tenham que dizer: 'Oh, por favor, gostem de mim, por favor, me respeitem, saiba que sou importante, por favor me valorizem'. Que tipo de vida é essa?", questionou o cantor de 70 anos.

Leia também:

Músico histórico dos Estados Unidos, ele já havia manifestado o desejo de morar em Gana em outras entrevistas. "Eu quero ver essa nação (EUA) sorrir de novo. E quero ver isso antes de me mudar para Gana, porque vou fazer isso", continuou.

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.

Em junho do ano passado, Wonder fez uma longa reflexão sobre a discriminação racial no feriado de 19 de junho, dedicado ao fim da escravidão no Texas. "Qual é a sensação de comemorar a liberdade que ainda estamos lutando para ter? Hm, pareceu e ainda parece muito familiar. Eu conheço esta dança, eu já ouvi estas músicas", refletiu.

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 min e receba todos os seus emails em 1 só lugar

Siga o Yahoo Vida e Estilo no Google News