Steven Spielberg estreia longa no Tiff, em uma edição com as cores do arco-íris

Estrelas de Hollywood, dirigidas por Steven Spielberg, desembarcam esta semana no Canadá para o Festival Internacional de Cinema de Toronto (Tiff). Segundo os organizadores, outro ponto forte desta edição é a forte presença do tema LGBTQ+ entre os 200 filmes da maior mostra cinematográfica da América do Norte.

A estreia mundial de "The Fabelmans", de Spielberg, é uma grande conquista para o Tiff, já que o diretor de "Jurassic Park" e "A Lista de Schindler" não costuma apresentar seus filmes no circuito de festivais.

"Acho que Steven Spielberg... e a Universal conhecem o poder do público de Toronto, em termos de como reagimos aos filmes aqui", disse o diretor do festival, Cameron Bailey, à AFP.

Baseado na infância de Spielberg no Arizona, "The Fabelmans" explora os segredos de família de um jovem apaixonado por cinema e é estrelado por Michelle Williams, Paul Dano e Seth Rogen.

- "Avanço" LGBTQ+ -

No tapete vermelho do Tiff devem passar estrelas como Jessica Chastain e Eddie Redmayne ("The Good Nurse"), Jennifer Lawrence ("Causeway"), Viola Davis ("The Woman King") e Nicolas Cage ("Butcher's Crossing").

Além disso, Sam Mendes, diretor britânico de "Beleza Americana" e "1917", receberá um prêmio em homenagem à sua carreira na gala de domingo, antes de estrear na segunda-feira uma história de amor em um belo cinema antigo na Inglaterra dos anos 1980.

Também será exibido "Glass Onion: A Knives Out Mystery", dirigido por Rian Johnson e sequência da trilogia "Entre facas e segredos (Knives Out)" lançado em 2019. Daniel Craig retornará ao papel de detetive cercado por atores consagrados, como Edward Norton, Ethan Hawke e Jada Pinkett Smith.

O americano vencedor do Oscar Peter Farrelly apresentará "The Greatest Beer Run Ever", estrelado por Zac Efron, Russell Crowe e Bill Murray.

Mas poucas celebridades provavelmente atrairão mais fãs e fotógrafos do que Harry Styles em "My Policeman", que estreia no domingo. Este filme narra um caso secreto entre dois homens na Inglaterra na década de 1950, numa época em que a homossexualidade ainda era ilegal.

"Já "Bros" marca "a primeira vez, pelo menos que eu saiba, que um grande estúdio de Hollywood fez um filme que é aberta e orgulhosamente gay", disse Bailey.

O Tiff também apresentará outro filme nas cores do arco-íris, "The Inspection", que conta a história de um jovem afro-americano que se alista na Marinha dos Estados Unidos depois que sua mãe o expulsa de casa por ser gay.

O festival começa nesta quinta-feira(8) e termina em 18 de setembro.

amz/hg/pr/ad/jc