Star Wars Visions é incrível e tudo que What If da Marvel deveria ser

·2 minuto de leitura
Foto: Divulgação/ Disney+
Foto: Divulgação/ Disney+

A timidez com que a Disney lançou Star Wars Visions não é digna do talento que existe dentro desta coleção de curtas. Criado por um time de gênios da animação japonesa, Visions é uma viagem pela mitologia de Star Wars sem amarras ou a fiscalização insuportável de determinados grupos de fãs. Não liga para nenhuma história anterior, não se prende a conceitos passados e com isso traz uma aventura digna da força original da franquia de George Lucas.

Os nove episódios disponibilizados no Disney Plus brincam com todas as regras estabelecidas pelos filmes e distorcem qualquer expectativa de roteiros no padrão de Hollywood. Ainda que haja homenagens à Kurosawa e alguns outros longas da série, em nenhum momento Visions é refém destes. Em O Duelo, por exemplo, replica os filmes de samurai com um estilo de animação que lembra nanquim, mas evoca as figuras clássicas da primeira trilogia - até que mete um guarda-chuva de sabre e joga por alto qualquer explicação sobre a origem dos Sith.

Leia também

Acontece algo semelhante com Os Gêmeos, o melhor exemplar entre os nove, criado pelo Studio Trigger. A batalha entre dois guerreiros se estende por quase vinte minutos, mas atinge um clímax e um espetáculo visual tão intensos que pouquíssimos episódios de Star Wars alcançaram tamanha catarse. E ao mesmo tempo em que as regras são todas quebradas e nenhuma lógica física é imposta, a beleza das batalhas (sempre com referências visuais às trilogias) mostra que a força esta na jornada, não no passado longínquo de uma marca.

No fim, Visions, que chegou quase escondido ao Disney Plus, é o reflexo da liberdade de conteúdo e criação que um estúdio como a Disney pode oferecer para as franquias que compra - ou pelo menos deveria. Ao passo que Star Wars ganhou isso, mas não teve publicidade, a Marvel joga What If nos holofotes como se houvesse diferença entre a animação e a direção dos filmes. Não há, é apenas um toque diferente para todo o cenário pré-estabelecido. Um novo sanduíche numa excelente cadeia de fast food. Star Wars Visions não; ele é um rápido resgate da essência de uma boa aventura baseada na maravilhosa mitologia de Star Wars.

*Thiago Romariz é jornalista, professor, criador de conteúdo e atualmente head de conteúdo e PR do EBANX. Omelete, The Enemy, CCXP, RP1 Comunicação, Capitare, RedeTV, ESPN Brasil e Correio Braziliense são algumas das empresas no currículo. Em 2019, foi eleito pelo LinkedIn como um dos profissionais de destaque no Brasil no prêmio Top Voice.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos