Spike Lee anuncia de forma acidental “Titane” como vencedor da Palma de Ouro de Cannes

·1 minuto de leitura

PARIS (Reuters) - “Titane”, filme extremamente imaginativo sobre serial killer da jovem diretora francesa Julia Ducournau, venceu a Palma de Ouro de Melhor Filme no Festival de Cannes, revelou o presidente do júri, Spike Lee, durante a cerimônia antes do prêmio ser oficialmente anunciado.

Em um momento de confusão durante a cerimônia, o diretor norte-americano Spike Lee se antecipou e deixou escapar o maior segredo da noite.

O filme violento, no qual a heroína faz sexo com um carro, dividiu a crítica, com alguns elogiando sua originalidade e outros incomodados com sua abordagem frenética e confusa.

Ducournau, de 37 anos, já havia impressionado os críticos com o filme “Grave”.

O maior festival de cinema do mundo retornou à Riviera Francesa após um hiato em 2020 devido à pandemia de coronavírus com uma das competições mais imprevisíveis em anos.

(Reportagem de Sarah White e Sybille em La Hamaide)

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos