SPFW tem atos a favor de Lula com Gil do Vigor e Lumena na passarela

***ARQUIVO***RIO DE JANEIRO, RJ, 22.04.2022 - O ex-BBB Gil do Vigor, que desfila pela grife LED na SPFW. (Foto: Marlene Bergamo/Folhapress)
***ARQUIVO***RIO DE JANEIRO, RJ, 22.04.2022 - O ex-BBB Gil do Vigor, que desfila pela grife LED na SPFW. (Foto: Marlene Bergamo/Folhapress)

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O economista Gil do Vigor e a psicóloga Lumena Aleluia tiveram um encontro inusitado na passarela da São Paulo Fashion Week, que termina neste sábado (4) no galpão do Komplexo Tempo, na zona leste paulistana.

Ambos desfilaram para a grife mineira LED, do estilista Celio Dias, trajados com as roupas de uma coleção que trata sobre as dores de relacionamentos desfeitos.

Os dois foram de grupos antagônicos no BBB21, no início do ano passado, e repercutiram jargões emblemáticos como "não vim do lixo para perder para basculho", dito por ele em briga com Pocah.

As discussões parecem ter ficado no passado e ambos embarcaram neste que, até agora, é o desfile que deixou mais explícito o posicionamento político da moda independente que desfila nesta SPFW.

Gil entrou na passarela empunhando uma bolsa em formato de coração e vestiu uma camiseta na qual se lia "Bicha Vigorosa".

Lumena, por sua vez, estava toda de vermelho, dentro da proposta da LED de tratar tanto sobre corações partidos quanto deixar claro a posição à esquerda do espectro partidário do estilista.

Além da dupla de ex-BBBs, outros personagens decladaradamente anti-Bolsonaro desfilaram para a LED, como o influenciador Esse Menino e o cantor Mateus Carrilho.

Uma bandeira brasileira na cor vermelha passeou pelo desfile, combinada a uma camiseta com a inscrição "comigo ele não pode", mais uma reação da marca à política do atual governo.

Ovacionado pela plateia gigantesca, que mostrou apoiar suas ideias, Dias entrou no final da apresentação balançando uma bandeira com o rosto do ex-presidente Lula, pré-candidato à presidência pelo Partido dos Trabalhadores (PT).

Ele deixou a área dos fotógrafos fazendo o "L" com os dedos, gesto que virou marca dos apoiadores do candidato petista em eventos culturais.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos