SP-Arte é adiada pela terceira vez no ano e agora acontece em outubro

·1 minuto de leitura

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - A SP-Arte deste ano foi adiada pela terceira vez e agora acontece entre 20 e 24 de outubro, conforme anunciou a organização da feira nesta terça (20).

Inicialmente, a 17ª edição da feira, um dos maiores encontros de colecionadores e galeristas da América do Sul, estava marcada para acontecer de 12 a 16 de maio de 2021, no Pavilhão da Bienal do Ibirapuera. Em fevereiro, devido à pandemia, a data foi alterada para o período de 16 e 20 de junho e, em seguida, para 18 a 22 de agosto.

O local segue o mesmo anunciado antes -a Arca, um galpão na Vila Leopoldina, em São Paulo, que pela primeira vez sediará o evento. O Pavilhão da Bienal, onde a feira normalmente ocorre, estará ocupado pela Bienal de São Paulo.

Segundo um post no Instagram da SP-Arte, a nova mudança de data se deu "em função dos avanços comprovados do Programa Estadual de Imunização do Estado de São Paulo". Pouco mais de 50% dos paulistas foram vacinados com ao menos uma dose da vacina contra a Covid-19, segundo dados divulgados na segunda (19).

Esta será a primeira SP-Arte presencial desde o início da pandemia, que forçou a organização da feira a cancelar a edição de 2020 quando os estandes estavam em vias de ser montados.

Simultaneamente ao evento presencial na Arca, acontece a terceira edição virtual da SP-Arte, uma iniciativa que começou devido à pandemia e que serve como complemento à versão presencial.

Em junho, a segunda edição online reuniu 95 galerias de arte e 20 de design, e marcou a volta de galerias de peso do circuito brasileiro ao evento após um desentendimento com a direção da feira no ano anterior.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos