'Sou uma pessoa muito positiva, ainda temos uma chance de virar esse jogo', diz Pabllo Vittar

Cantora afirmar estar otimista com o futuro do país apesar do cenário político atual (Reprodução/ Instagram/ @pabllovittar)

Pabllo Vittar, que acaba de lançar seu segundo disco, “Não Para Não”, explicou em entrevista ao site Glamurama, porque não faz letras de protesto em suas músicas. “Tenho muita vontade de falar sobre tudo o que eu penso na música, mas a minha imagem já é tão política: uma Drag Queen no palco em um país que está vivendo esse retrocesso medonho, em tempos tão escuros para a comunidade LGBT. Quando a gente se coloca ali já é uma forma de mostrar resistência e quando estou no show não quero saber a orientação sexual do fulano, quero curtir e acho que o ‘rolê’ da música é esse, unir as pessoas”, afirmou.

A cantora também contou que os ataques de haters cresceram nos últimos tempos por conta das eleições. “As pessoas atacam muito a gente, mas não bloqueio porque estou mais preocupada em fazer o meu rolê. Estou cercada por quem me ama. Tive que trabalhar isso na minha cabeça porque já sofri muito com comentários na internet. Hoje em dia não ligo mesmo, recebo várias mensagens de amor o dia inteiro, e o que mais me deixa feliz é deixar os outros alegres e ajudar com que sejam o que são de verdade. Não tem porque ir na página de alguém que não goste para fazer um comentário de ódio. Foco na minha vida”, disse Pabllo Vittar.

Leia mais:
Marília Mendonça faz piada por não ser reconhecida nos EUA
Modelo afirma que foi expulsa do show de Dua Lipa por apoiar Bolsonaro

Questionada sobre o que espera do cenário político atual do Brasil, Pabllo Vittar afirmou estar otimista. “Sou uma pessoa muito positiva, sempre vou pensar o melhor, ainda temos uma chance de virar esse jogo. Tenho falado para os meus fãs: ‘Se nós, que acreditamos em um ideal para o país melhorar, sem transfobia, racismo, feminicídio, nos juntarmos e votarmos certo, podemos fazer a diferença.’ Essa onda de ódio tem que parar, e o que penso é que o amor sempre vai vencê-lo. O que nós artistas podemos fazer, é usar nossa visibilidade para deixar as situações mais claras para a população e para quem nos segue”, explicou a cantora.