'Sou branco, homem, heterossexual e de classe média, 4 atributos que me tornam privilegiado no Brasil', diz Caio Paduan

Ator falou sobre o racismo que seu personagem enfrenta por se relacionar com uma negar na trama das 21h (Reprodução/ Instagram/ @caiopaduan)

No ar como o Bruno de “O Outro Lado do Paraíso”, Caio Paduan revelou que sua irmã mais velha passa por um problema parecido com o de seu personagem – que sofre com o racismo da mãe Nádia (Eliane Giardini), que não aprova seu relacionamento com a juíza Raquel (Erika Januza), que é negra. “Ela é noiva do Anderson, que é negro. Os dois namoram há 9 anos, vão se casar este ano e nossa família nunca teve problema. Mas as pessoas à nossa volta, sim. Já fizeram comentários horríveis para a minha mãe. Não tenho muita paciência. Não consigo ouvir comentários racistas“, contou ele sobre a irmã em entrevista à revista “Quem”.

Caio Paduan também afirmou que se considera privilegiado e nunca foi vítima de nenhum preconceito. “Fica até feio de minha parte dizer que sofri preconceito. Sou branco, homem, heterossexual e de classe média. Tenho 4 atributos que me tornam privilegiado no país em que vivemos. Porque sou branco num país racista, sou homem num país machista, sou heterossexual num país homofóbico e sou de classe média num país que tem uma das maiores desigualdades sociais do planeta“, explicou o ator.

Leia mais:
Alfinetada nas redes sociais, Marina Ruy Barbosa rebate seguidor
Sem maquiagem, Anitta é flagrada com o marido em shopping carioca

O ator revelou que se considera um homem de sorte e está muito feliz com sua vida. “Nasci com saúde numa família maravilhosa, com muita oportunidade. Ralei muito, mas não tive empecilhos. Não tenho direito de reclamar de nada na minha vida. Passei por coisas que são tão pequenas perto do que as pessoas passam. Pode ter acontecido uma coisinha aqui e outra ali, mas sempre tive privilégios e oportunidades. Já ouvi coisas do tipo: ‘Como assim, você tão loirinho e branquinho precisa trabalhar?’ Fui procurar emprego como garçom e fui negado em vários lugares, disse Caio Paduan, que se separou recentemente da ex-namorada Júlia Konrad. “Meu coração está leve e tranquilo”, garantiu.