'A Casa de Papel': Sósia goiano do Professor estuda espanhol para se aproximar do personagem

(Imagens: reprodução Instagram @sosiaprofessorlacasadepapel/divulgação Netflix)

Quando está em algum lugar público da cidade de Rio Verde, no interior de Goiás, não é incomum que o administrador Heuller Macedo tenha sua foto tirada sem nem perceber. Mais tarde, vê a imagem circulando em grupos de Whatsapp e de outras redes sociais.

Já conhece o Instagram do Yahoo Vida e Estilo? Segue a gente!

O motivo é sua semelhança física com o Professor (interpretado pelo ator Álvaro Morte), protagonista de ‘A Casa de Papel’, série espanhola que se tornou fenômeno de audiência ao entrar no catálogo da Netflix. De tanto os amigos e conhecidos apontarem para a coincidência, Macedo resolveu oficializar. Criou um perfil no Instagram e participa de eventos de cosplay como sósia do personagem.

Leia também:

“Notei que é uma interação muito bacana com as pessoas”, conta, em entrevista ao Yahoo!. “Me torno por alguns instantes um personagem que traz boas lembranças e diversão.”

Macedo é fã da série e atualmente faz aulas de espanhol, justamente para se aproximar ainda mais dos trejeitos do Professor. Além da fisionomia e, futuramente, da fluência no idioma, ele diz que ainda tem outras coisas parecidas com o anti-herói que conquistou o mundo.

“O que temos em comum além da aparência é a característica de analisar e planejar tudo nos mínimos detalhes, ser paciente perante as situações mais diversas e bastante recatado”, compara.

Sobre sua cena preferida vivida pelo personagem na série, Macedo elege o momento em que o Professor se passa por morador de rua num ferro-velho. “Ali ele teve que resolver algo que não estava nos planos, ao limpar as digitais no carro, e, com o risco iminente de ser pego pela inspetora, teve que improvisar”, lembra.

Assim como grande parte do público, ele já está ansioso pela estreia da nova temporada de ‘A Casa de Papel’, no próximo dia 19 de julho. “Acredito que essa terceira parte será tão boa quanto as primeiras, uma vez que a produção teve maior investimento. Espero que o Professor se supere com sua atuação e que seus planos sejam mais mirabolantes.”