Sorridente, rainha Elizabeth tem primeiro compromisso presencial desde internação

·1 min de leitura

LONDRES (Reuters) - A rainha Elizabeth, cuja saúde foi parar nos holofotes depois que ela se ausentou da cerimônia do Dia da Lembrança, foi vista de pé e sorridente nesta quarta-feira em seu primeiro compromisso presencial desde que pernoitou em um hospital.

A monarca de 95 anos foi internada pela primeira vez em anos no mês passado para o que o Palácio de Buckingham descreveu como "investigações preliminares" de uma doença não-especificada, e desde então médicos a aconselharam a cancelar a maioria dos compromissos.

Ela desistiu da cerimônia do Dia da Lembrança num memorial de guerra devido a uma distensão nas costas, que uma fonte do palácio disse não estar relacionada com a doença e ter sido uma coincidência infeliz, mas que exigiu repouso.

A rainha voltou ao trabalho nesta quarta-feira no Castelo de Windsor, onde foi filmada conversando com Nick Carter, chefe do staff da Defesa e comandante profissional das Forças Armadas do Reino Unido.

Ele deve deixar o cargo no final de novembro.

Elizabeth, a monarca mais idosa e há mais tempo no trono em todo o mundo, se ausentou de vários compromissos de grande destaque desde que foi aconselhada a descansar, incluindo a conferência do clima em Glasgow no início deste mês.

A última vez em que ela compareceu a um evento público foi em 19 de outubro, quando foi a anfitriã de uma recepção a líderes empresariais bilionários em Windsor.

(Por Guy Faulconbridge e Michael Holden)

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos