Sony estaria satisfeita com a investigação de compra Xbox-Activision: 'Grandes implicações negativas para os jogadores'

A Autoridade de Concorrência e Mercados do Reino Unido recomendou o início de uma investigação de segunda fase sobre a aquisição da Activision Blizzard pela Microsoft, pois acredita que isso poderia sufocar a concorrência na indústria de videogames na região. A Sony respondeu que parabeniza o anúncio de uma investigação mais aprofundada.

"Ao dar à Microsoft o controle de jogos da Activision, como Call of Duty, esse acordo teria grandes implicações negativas para os jogadores e para o futuro da indústria de jogos", disse a Sony em comunicado ao GamesIndustry.biz. “Queremos garantir que os jogadores do PlayStation continuem tendo a experiência de jogo da mais alta qualidade e apreciamos o foco da CMA em proteger os jogadores”.

Leia mais: Call of Duty Warzone: Mobile é revelado; conheça os primeiros detalhes

Isso ocorre depois que o CEO da PlayStation, Jim Ryan, chamou a oferta do Xbox de estender a disponibilidade de Call of Duty nas plataformas PlayStation de “inadequada” na semana passada. Ryan diz que a extensão só teria durado mais três anos depois que os contratos existentes expirassem. Há supostamente três jogos de Call of Duty a serem lançados no PlayStation sob os contratos atuais, que incluem o Modern Warfare 2 deste ano.

Phil Spencer, do Xbox, observou que ainda queria manter Call of Duty como uma franquia multiplataforma, no entanto não se sabia se seria indefinidamente. A oferta de extensão do Xbox para o PlayStation indica que a franquia pode se tornar exc...

Sony estaria satisfeita com a investigação de compra Xbox-Activision: 'Grandes implicações negativas para os jogadores'
Read More

Call of Duty: Modern Warfare 2 - Evento revela novo trailer e novidades do multiplayer e Warzone 2.0
Call of Duty Next: Saiba como assistir ao evento nesta quinta-feira
Call of Duty Modern Warfare 2: Como acessar o beta aberto neste fim de semana