Sobrinho de Ricky Martin retira acusação de abuso e cantor vence processo

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O cantor Ricky Martin, 50, venceu o processo movido por seu sobrinho, Dennis Yadiel Sanchez, 21, que o acusava de assédio sexual e poderia deixar o artista preso por até 50 anos, por ter praticado incesto com um parente. Segundo o site TMZ, o jovem retirou a acusação, o que deu a vitória ao ex-integrante do grupo Menudo.

Uma fonte próxima ao artista ainda disse ao veículo que o juiz retirou a ordem de restrição temporária. "Assim como havíamos antecipado, a ordem de proteção temporária não foi estendida pelo tribunal. O acusador confirmou ao tribunal que sua decisão de arquivar o assunto foi apenas dele, sem qualquer influência ou pressão externa."

A fonte ainda disse que o acusador, no caso o sobrinho de Martin, estava saritsfeito com sua representação legal no assunto, e ainda acrescentou que o cantor e sua equipe jurídica estão "felizes que o cliente viu a justiça feita e agora pode seguir em frente com sua vida e sua carreira".

"Isso nunca foi nada mais do que um indivíduo problemático fazendo falsas alegações com absolutamente nada para comprová-los", finalizou a fonte. Filho de uma das irmãs de Ricky, Vanessa Martin, Dennis havia o denunciado de forma anônima o cantor sob a Lei de Prevenção e Intervenção do Abuso Doméstico há um mês.

O jovem revelou ter se relacionado por sete meses com ex-integrante do grupo Menudo e disse que o cantor não teria aceitado bem o fim da relação. Segundo Dennis, Ricky teria o assediado com ligações e também rondando sua casa por dois meses. Ele também apontou que durante o namoro chegou a sofrer abusos físicos e psicológicos.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos