Sobrinha de Olivia Newton-John relembra últimos momentos da atriz: 'Não temia a morte'

Olivia Newton-John credit:Bang Showbiz
Olivia Newton-John credit:Bang Showbiz

A sobrinha de Olivia Newton-John concedeu uma entrevista comovente para relembrar os últimos momentos da atriz.

A estrela - que chegou ao panteão do sucesso ao interpretar Sandy no icônico filme 'Grease - Nos Tempos da Brilhantina', de 1978, ao lado de John Travolta, e vendeu mais de 100 milhões de discos ao longo de seus 50 anos de carreira - faleceu aos 73 anos, na última segunda-feira (08), após uma batalha de 30 anos contra o câncer.

Ao falar sobre a carreira da artista, sua sobrinha, Tottie Goldsmith, afirmou que Olivia não temia a morte por causa do quanto já havia conquistado.

"Ela estava muito magra e bastante doente, e eu perguntei a ela: 'Você tem medo de morrer?'. Ela disse: 'Plonker' - que era meu apelido - 'Eu não estou, eu não tenho medo, eu fiz mais na minha vida do que eu poderia imaginar'. Ela honestamente nunca sonhou que sua vida seria como foi", afirmou Tottie.

Olivia foi diagnosticada com câncer de mama pela primeira vez em 1992 e viveu em remissão por quase 20 anos antes do retorno da doença, em 2013, a qual se espalhou para a região lombar quatro anos depois. Tottie - que é filha da falecida irmã de Olivia, Rona Newton-John - explicou que a tia "piorou de fato" na última semana devido a "infecções secundárias" e a um sistema imunológico fragilizado.

"Não foi apenas o câncer que a pegou, foram outras complicações, estar em um hospital e com um sistema imunológico muito suscetível. Ela teve infecções secundárias. Ela realmente piorou nos últimos cinco, seis dias", relembrou ela.

A atriz deixa o marido John Easterling, 70, bem como sua filha, Chloe, 35, fruto do seu primeiro casamento com Matt Lattanzi.