Sobre injustiças Yasmin Brunet dispara: “Não é por mim que eu aguento não”

·1 minuto de leitura
Reprodução do Instagram

Vivendo uma vida intensa ao lado do marido, Gabriel Medina, Yasmin Brunet aproveitou um momento livre pra responder algumas perguntas de internautas em sua conta do Instagram. A modelo basicamente falou sobre escolha de perfumes e seu aroma, mas entre as perguntas, ela foi questionada sobre qual a pior parte do Instagram. Sincera ela disse:

“Muitas coisas, sinceramente, rede social em geral, primeiro as pessoas opinam na vida alheia sem ter a mínima noção do que está acontecendo, as pessoas achando que sabem sobre a vida do outro, pelo que elas postam no instagram, o que está completamente errado”.

Leia também:

Com a vida exposta por causa de seu casamento com o surfista, outro seguidor perguntou: “Como é que você aguenta tanta calúnia? Deus te proteja, florzinha”. Ela respondeu: “Porque sei que a verdade sempre aparece e Deus vê tudo. E não é por mim que aguento não... É por alguém que eu amo”, disse.

Com viagem marcada para o Japão, para os Jogos de Tóquio, Gabriel Medina ficou impossibilitado de levar a esposa com ele. Segundo o atleta, ele está sendo prejudicado pelo COB, por não credenciar Yasmim. “Estou me sentindo injustiçado porque nominei meu estafe, que é direito do atleta, segundo o COB falou. Eu poderia levar uma pessoa. Escolhi a Yasmin como estafe e não como minha esposa. Ela tem funções técnicas. Não acho que o COB me deu uma justificativa plausível”, reclamou o surfista durante entrevista para o jornal O Globo.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos