Sob impasse, Lollapalooza será adiado, mas faltam data e local

(Foto: Getty Images)

O Lolla será adiado. A questão em torno do festival gerou aumento de 4.050% na busca do termo 'Lollapalooza cancelado' nos últimos 7 dias, segundo levantamento do Google divulgado nesta, quarta (11). Mas a possibilidade de proliferação do coronavírus gera um impasse: como o evento já tem marcas envolvidas, a melhor solução será adiar, e não cancelar, mas surgiu um problema: o autódromo de Interlagos tem agenda cheia, no segundo semestre, por causa da Fórmula 1.

Nota do editor: em coletiva de imprensa, o governador de São Paulo, João Doria, disse que “não há razão para cancelamento de eventos, independentemente do número de pessoas”. Nesta quinta-feira (12), porém, a organização do Lollapalooza cancelou a edição do evento na Argentina.

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 min e receba todos os seus emails em 1 só lugar

Siga o Yahoo Notícias no Google News

Mais que isso, as marcas envolvidas são patrocinadores que, em caso de adiamento, terão que adiar também as campanhas para os produtos que irão anunciar no evento, ou desistir do festival.

Leia também:

As bandas - ao menos os headliners - precisarão estar disponíveis na nova data a ser definida, assim como as pessoas que já compraram ingresso. E o local, se não for o autódromo, terá que ser aprovado por artistas e anunciantes. Sem contar reembolso e outros fatores inerentes a uma mudança desse porte. 

Com tudo isso, vale correr o risco e manter data (de 3 a 5 de abril) e lugar? Só se for torcendo muito para que ninguém que vá esteja infectado. Imagina você ter sua marca colocada no festival onde morreu fulano, ou onde morreram X pessoas devido a complicações decorrentes de terem contraído coronavírus no evento...

Siga o Yahoo Notícias no Instagram, Facebook, Twitter e YouTube e aproveite para se logar e deixar aqui abaixo o seu comentário.