‘Só Love’: relembre os grandes hits da dupla Claudinho e Buchecha

A dupla marcou época (Foto: Reprodução/TV Globo/João Miguel Júnior)

‘Quero te Encontrar’ e ‘Nosso Sonho’ são apenas alguns sucessos da antiga dupla ‘Claudinho e Buchecha’, que fez história no final dos anos 1990 e início dos 2000. Recentemente, Buchecha anunciou a estreia de um filme e um musical que irão contar a trajetória da dupla, que acabou em 2002, depois de um acidente de carro que tirou a vida de Claudinho.

Já conhece o Instagram do Yahoo Vida e Estilo? Siga a gente!

Se você é fã das músicas deles, relembre os principais hits da dupla:

‘Conquista’ inaugurou funk melody

O primeiro grande sucesso da dupla, o hit marca a estreia em rede nacional do “funk melody”. A dupla, inclusive, foi responsável por tornar esse gênero musical conhecido, que se diferencia do funk carioca especialmente por suas letras com temáticas românticas e melódicas, sem apelo sexual.

Leia também:

‘Nosso Sonho’

Um dos hits do álbum de estreia da dupla, de 1996, que vendeu mais de 750 mil cópias na época. A música também deve ser o título do filme que contará a trajetória da dupla e tem estreia prevista para 2020.

‘Quero te Encontrar’ encantou Kid Abelha e Emicida

Lançada em 1997, dentro do segundo disco da dupla, ‘Quero Te Encontrar’ também se tornou parte do álbum ‘Acústico MTV - Kid Abelha’, interpretada na voz de Paula Toller. Em 2011, o rapper Emicida também chegou a usar trechos da canção em um mashup da música 'Vou Buscar Minha Fulô'.

‘Só Love’ vendeu mais de 500 mil cópias

O hit dá nome ao terceiro álbum de estúdio da dupla, lançado em 1998 pela Universal Music. O disco chegou a vender mais de no Brasil na época, garantindo um platina duplo pela Associação Brasileira dos Produtores de Discos (ABPD).

‘Fico Assim Sem Você’

Uma das estrofes da música diz “Amor sem beijinho, Buchecha sem Claudinho, sou eu assim sem você”. Ela foi gravada no mesmo ano da morte de Claudinho, em 2002. A letra, posteriormente, foi regravada por Adriana Calcanhoto para o seu álbum regravou a canção para seu álbum ‘Adriana Partimpim’, de 2004.