Will Smith volta a se desculpar quatro meses após tapa em Chris Rock no Oscar

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.

Will Smith, que chocou seus fãs e a indústria cinematográfica ao dar um tapa em Chris Rock no Oscar, divulgou, nesta sexta-feira (29), um vídeo oferecendo um emocionado pedido de desculpas ao comediante.

O ator de "MIB- Homens de Preto" e "Independence Day" já havia se desculpado por meio de um comunicado no dia seguinte ao evento inusitado, que ofuscou toda a cerimônia do Oscar em 27 de março.

Apesar disso, a Academia de Cinema dos Estados Unidos o proibiu de participar da entrega dos prêmios pelos próximos 10 anos, e Smith renunciou como membro.  A organização não revogou sua estatueta de melhor ator por "King Richard: Criando Campeãs", que ganhou na mesma noite.

Agora Smith se aprofunda em seus sentimentos. “Entrei em contato com Chris e a mensagem que me respondeu foi que não está pronto para falar e, quando estiver, entrará em contato comigo”, disse o ator no vídeo de quase seis minutos compartilhado nas redes sociais.

"Então, estou lhe dizendo, Chris, te peço desculpas. Meu comportamento foi inaceitável e estou aqui quando você estiver pronto para conversar", acrescentou Smith.

O ator também pediu desculpas à mãe e ao irmão de Chris Rock, assim como à sua própria família, incluindo sua esposa, Jada Pinkett Smith.

Uma piada do comediante sobre a cabeça raspada de Jada, que sofre de alopecia, foi justamente o que desencadeou o escândalo naquela noite.

Smith subiu ao palco e deu um tapa no rosto de Rock, sob o olhar atordoado de celebridades e espectadores.

Ao voltar para seu lugar, o ator de 53 anos gritou: "Mantenha o nome da minha esposa fora da porra da sua boca!"

"Passei os últimos três meses repassando e entendendo as nuances e dificuldades do que aconteceu" naquele dia, disse  Smith.

"Não vou tentar analisar tudo agora, mas posso dizer que nenhuma parte de mim acha que essa era a maneira certa de se comportar naquele momento", afirmou.

Lamentou "profundamente" ter decepcionado seus admiradores e acrescentou: "Estou tentando me arrepender sem ter vergonha de mim mesmo".

"Sou humano e cometi um erro, e tento pensar que não sou um pedaço de merda", concluiu.

iba/led/ll/gm/ap

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos