Will Smith interpreta o pai protetor de Venus e Serena em 'King Richard'

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·3 min de leitura
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.

"King Richard: Criando Campeãs" narra a ascensão improvável de Serena e Venus Williams, que deixaram de treinar em quadras de tênis em ruínas na periferia pobre de Los Angeles para se tornarem as maiores atletas de todos os tempos.

O filme pode em breve se tornar um marco em outra jornada que parecia improvável: a da estrela de "Um Maluco no Pedaço", Will Smith, que tem a chance de ganhar seu primeiro Oscar de melhor ator no papel de pai, treinador e empresário das jogadoras de tênis.

Smith "se apaixonou por Richard Williams" há duas décadas, depois de vê-lo defender sua filha Venus, então com 14 anos, em uma entrevista com um jornalista muito insistente.

"A aparência de Venus (...) essa imagem ficou gravada em meu coração", disse ele em uma coletiva de imprensa online. "Porque é assim que eu queria que a expressão da minha filha ficasse quando ela me visse defendê-la".

"Eu queria mostrar ao mundo um pai que protege sua filha dessa forma", disse Smith, que estrelou e produziu o filme da Warner Bros, lançado no domingo em Los Angeles durante o AFI Fest, que foca em como a família do bairro pobre e predominantemente negro de Compton, forjou seu futuro sucesso.

Richard Williams, um treinador autodidata, escreveu um plano de 78 páginas para tornar Venus e Serena as melhores jogadoras do mundo, mesmo antes de nascerem, depois de saber como os prêmios eram lucrativos.

Venus - cujos sete títulos de Grand Slam seriam mais tarde eclipsados pelos 23 de Serena - ocupa mais tempo na tela, enquanto pavimentou o caminho para sua irmã mais nova com suas primeiras vitórias em torneios juvenis.

“Adoro que Venus tenha aberto portas e sua irmã tenha passado por elas”, disse Saniyya Sidney, que interpreta Venus, à AFP.

Crescer assistindo "garotas que se parecem comigo em um esporte predominantemente branco significa muito", disse Sidney.

O filme segue os esforços de Richard para encontrar um treinador profissional para suas filhas nos clubes de tênis da Califórnia e como ele inicialmente enfrentou a rejeição, o ridículo e o racismo.

A família Williams boicotaria o prestigioso torneio de tênis Indian Wells na Califórnia por 14 anos, após vaias que Richard chamou de racista e que Serena mais tarde comparou a um “linchamento de gente refinada”.

Serena, cujo temperamento impetuoso às vezes entra em conflito com autoridades esportivas, foi proibida de usar leggings justas inspiradas no filme "Pantera Negra" em 2018.

"A indústria do tênis continua até hoje tentando monitorar o quão criativas elas são, tentando monitorar sua genialidade, e eles não foram capazes de fazer isso", disse à AFP Aunjanue Ellis, que interpreta sua mãe e parceira de treino, Oracene.

- "Leão" -

Para Smith - pai de três filhos - assistir Richard Williams proteger suas filhas anos atrás ajudou a moldar seu desempenho.

“Era como se [Venus] tivesse um leão. E ela estava muito confortável e muito certa de que seu leão não permitiria que nada acontecesse com ela”, lembra.

Embora Venus e Serena, além de duas de suas meio-irmãs, estejam envolvidas no filme, Richard não se participou, e o retrato em grande parte positivo do filme também sugere infidelidade conjugal.

Os cineastas originalmente planejaram dar a Smith maquiagem de efeitos especiais para se parecer com Williams Sr., mas eventualmente confiaram no ator para transformar a percepção do público.

Smith é o favorito da casa de apostas para ganhar o prêmio de melhor ator no Oscar de fevereiro, tendo perdido por sua interpretação do boxeador Muhammad Ali, em "Ali", e por "À Procura da Felicidade".

amz/md/lm/lda/ap

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos