Skate do longa 'De Volta Para o Futuro 2' é vendido por R$ 2,8 milhões

·1 min de leitura
Marty McFly (Michael J. Fox) com o skate em ‘De Volta para o Futuro 2’ (Foto: Divulgação)
Marty McFly (Michael J. Fox) com o skate em ‘De Volta para o Futuro 2’ (Foto: Divulgação)

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O skate usado por Michal J. Fox, 60, no longa "De Volta Para o Futuro 2" foi vendido por US$ 501.200 (correspondente a R$ 2.785 milhões). Um comprador não identificado arrematou o item —que não voa, como acontece no filme de 1989 — em um leilão promovido pela Prop Store, loja de recordações de entretenimento com escritórios em Londres e Los Angeles. 

De acordo com a Smithsonian Magazine, o valor do skate surpreendeu até mesmo os organizadores do evento, que esperavam arrecadar entre US$ 80.000 (equivalente a R$ 444 mil) e US$ 100.000 (correspondente a R$ 555 mil) com a peça. 

Uma das razões para o preço mais alto do que o esperado do skate Mattel Hoverboard pode estar associado ao fato da peça estar autografada por Fox, que viveu Marty McFly no longa, e também por Thomas F. Wilson, 62, que interpretou Biff. A dupla assinou a parte inferior do adereço do filme, nas almofadas magnéticas. 

Entre os outros adereços clássicos do cinema vendidos no leilão de novembro da Prop Store estavam Wilson, a bola de vôlei que foi companheira de Tom Hanks em "Náufrago" (2000) e o elmo usado por Russel Crowe, em "Gladiador" (2000). A primeira peça foi arrematada por US$ 385.000 (equivalente a R$ 2.139 milhões) e a segunda por US$ 300 mil (correspondente a R$ 1.667 milhão) 

A trilogia "De Volta Para o Futuro" conta com três longas que foram lançados entre 1985 e 1990. Os filmes narram a trajetória do adolescente Marty McFly, que viaja no tempo em um carro modificado, criado pelo cientista Emmet Brown, personagem de Cristopher Lloyd, 83. 

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos