Síndrome do Pensamento Acelerado? Você deve estar passando por isso

Colaboradores Yahoo Vida e Estilo
·2 minuto de leitura
Tangled thoughts, information overload concept. Several lines from different directions that tangle in a person's head, flat illustration.
Síndrome do Pensamento Acelerado. Foto: Getty Images

Por Halitane Rocha

O Brasil é o país com a maior taxa de transtorno de ansiedade no mundo, segundo dados divulgados pela Organização Mundial da Saúde (OMS), em 2020.

Dentre os tipos de ansiedade, tem a Síndrome do Pensamento Acelerado (SPA) descoberta pelo psiquiatra Augusto Cury e apresentada no livro Ansiedade: "Como enfrentar o mal do século".

Leia também

Muito comum entre os jovens atualmente, alguns dos sintomas citados pelo psiquiatra são: depressão; angústia; déficit de concentração; ansiedade; pequenos lapsos de memória e irritabilidade.

A necessidade pelo imediatismo e do estímulo exagerado são alguns dos pontos levantados por Augusto Cury para explicar porque cada vez mais pessoas são diagnosticadas com SPA.

Segundo ele, "as pessoas pensam em cada vez mais coisas e pensam cada vez mais rapidamente, o que obriga a uma tensão psíquica intensa para que o cérebro possa responder ao que dele exigimos”.

Para as psicólogas Natália Silva, 29, e Érika Almeida, 30, “a procura por ajuda profissional relacionado à saúde mental aumentou desde o isolamento devido às condições dadas”.

E alertam: “Só um profissional especializado da saúde mental que acompanha o paciente, conseguirá responder com precisão”.

Para as profissionais, a instabilidade na pandemia potencializou esse aumento de crises mentais. “As pessoas estão com muito medo de perder o emprego e repensando outras possibilidades de rendas extras também.”

Existem recomendações indicadas para pacientes diagnosticados com a Síndrome do Pensamento Acelerado, como a meditação, pequenas pausas ou medicamentos em casos mais extremos.

Healthy african woman doing yoga workout at home in front of her laptop. Female in sportswear watching video tutorial online on her laptop and doing yoga meditation. Exercising at home during corona virus lockdown.
Existem recomendações indicadas para pacientes diagnosticados com a Síndrome do Pensamento Acelerado, como a meditação. Foto: Getty Images

Para amenizar, é recomendado: fazer meditação; pequenas pausas ao longo do dia; evitar longas jornadas de trabalho; fazer atividade física e ouvir uma música relaxante.

Mas Natália e Érika avaliam como é difícil fazer as recomendações na quarentena: “Como fazer as pausas dentro de casa, quando a gente não está trabalhando, a gente está cozinhando, cuidando da casa, olhando os nossos filhos, cuidando das nossas relações?”.

Alguns destes desafios estão presentes na vida da Esmeralda Ortiz, 41, diagnosticada com a Síndrome do Pensamento Acelerado desde 1997.

Na pandemia, ela notou uma piora no quadro de saúde mental. “A vida parou, os trabalhos cessaram, meus amigos começaram a morrer ou adoecer devido o covid”, desabafa.

Além de tomar remédio para ansiedade, a jornalista conta com ajuda e uma rotina para controlar a angústia: “A meditação, o amor da minha família, o apoio dos amigos, a arte, a terapia está me ajudando a lidar com toda essa loucura do dia a dia.”

Mesmo com as angústias, Esmeralda não deixa de ter esperanças: “Rezo todos os dias para que tudo isso acabe”.