Simplicidade e vivência: os trunfos de Marcos Felipe para se impor na meta do Fluminense diante do Athletico-PR

Vinícius Faustini
·2 minuto de leitura


A luta para transmitir segurança aos colegas de Fluminense ditará mais uma vez os passos de Marcos Felipe. Designado como titular no confronto com o Athletico-PR, neste sábado, às 19h, o goleiro não esconde que a luta para manter a equipe na briga por uma vaga no G6 do Campeonato Brasileiro passará por uma boa atuação sua debaixo das traves.

- No momento bom em que a gente está, brigando na parte de cima da tabela, buscando objetivos grandes, estar pronto é sempre importante. Conforme nós vamos nos preparando e as oportunidades surgindo, a gente vai demonstrando nosso trabalho - declarou o jogador de 24 anos, em entrevista coletiva na última sexta-feira.

> CONFIRA A TABELA DO CAMPEONATO BRASILEIRO

O goleiro não engrenava uma sequência de jogos desde agosto, quando o Fluminense sofreu um revés por 3 a 1 para o São Paulo no Morumbi, empatou em 1 a 1 com o Atlético-GO e venceu por 2 a 1 o clássico diante do Vasco.

Com moral após ter atuação satisfatória no empate em 0 a 0 com o RB Bragantino, Marcos Felipe tenta, diante do Furacão, achar atalhos para que não seja atrapalhado pela falta de ritmo de jogo na meta.

- O que eu costumo fazer em todas as oportunidades é ser o mais simples possível. Um toque para lateral não quer dizer insegurança, quer dizer não se arriscar. Eu venho de um tempo sem jogar e não posso querer me arriscar. Sou jovem, não tive sequência ainda como titular, então isso é simplicidade. Seja o mais simples possível que você vai ser eficaz - assegurou.

O jogador de 24 anos crê que sua evolução na meta só acontecerá com o passar do tempo.


- Conforme vai tendo sequência, vai ganhando confiança e tendo mais opções de passe dentro do jogo. A gente vai trabalhando isso - declarou.

Prestes a ter a missão de conter o ímpeto de uma linha de frente com jogadores perigosos como Léo Cittadini, Nikão e Walter, o goleiro confia na sua vivência para ajudar o Tricolor das Laranjeiras a se sobressair no Maracanã.

- A experiência te traz tranquilidade dentro da partida. O apoio dos companheiros ajuda muito. Às vezes você joga um, fica um tempo sem jogar, então tem que estar psicologicamente preparado, e fisicamente também. Desde 2016 venho me preparando em todas as oportunidades que eu tenho - disse.

Ciente de que tem de se mostrar preparado para honrar a confiança do técnico Odair Hellmann, Marcos Felipe se prepara para mais um desafio no Campeonato Brasileiro.