Simone, Wesley, Tirulipa e Kaká defendem pastor acusado de pedofilia: "Te amamos"

·2 minuto de leitura
Famosos defendem o pastor André Vitor (reprodução / instagram @simoneses @wesleysafadao @kakadiniz1 @tirulipa)
Famosos defendem o pastor André Vitor (reprodução / instagram @simoneses @wesleysafadao @kakadiniz1 @tirulipa)

O time de famosos que saíram em defesa do pastor André Vitor só aumenta. Depois de Wesley Safadão falar sobre o amigo, Simone Mendes e o marido, Kaká Diniz, e o humorista Tirulipa também publicaram nas redes sociais a favor do religioso.

“Quem te conhece sabe quem você é de verdade, Dedé. Chega de tanta impunidade para essa rede de ódio que distorce tudo que se faz e tenta criar situações tendenciosas com o único objetivo de destruir a vida das pessoas. Te amo. Deus abençoe a família de vocês e proteja dessa internet do ódio”, escreveu Simone no Instagram.

Famosos defendem o pastor André Vitor (reprodução / instagram @simoneses @wesleysafadao @kakadiniz1 @tirulipa)
Famosos defendem o pastor André Vitor (reprodução / instagram @simoneses @wesleysafadao @kakadiniz1 @tirulipa)

Leia também:

Seu marido e empresário, Kaká Diniz, também se manifestou. “A internet está carregada de pessoas doentes e a mídia tendenciosa que tenta a todo custo destruir a vida das pessoas expondo mentiras e distorcendo fatos. Te amamos, Dedé”, escreveu.

"Esse cara é de dentro de casa, é um cara que nos guia para o caminho de Deus, é o enviado para nos abençoar, nos fortalecer em Cristo, só faz o bem para todo mundo, um pastor, um amigo, um irmão. Essas pessoas começam a inventar, isso é invenção. Não tem nada demais nesse vídeo”, comentou Tirulipa em uma série de vídeos.

Repercussão nas redes

A ex-BBB Ana Paula Renault falou que não se pode normalizar o toque em crianças: "Existem partes do corpo que só os pais tocam e mesmo assim, infelizmente, o abuso pode vir da própria família. Daí a importância da educação sexual. Falar sobre o assunto é a melhor forma de proteção. Tentar se justificar é degradante".

Quem também opinou sobre o caso foi a influenciadora Evelyn Regly, que relatou ter sido abusada na infância. Segundo ela, o irmão de criação da mãe foi o responsável por tanto sofrimento.

"Uma pessoa extremamente 'confiável', do nosso convívio. Ele chegava exatamente assim 'disfarçado', 'sorrindo' e 'amigável'. Ninguém desconfiou dos abusos até o primeiro contar. Todas as vítimas crianças inocentes. Na dúvida, investiguem até o fim! Não tive ninguém pra investigar pra mim? Pois ninguém desconfiou dos 6 aos 10 anos praticamente. Não se calem, não se omitam! Investiguem!", publicou.

Entenda o caso

Um vídeo do pastor André Vitor abraçando uma garota por trás, encostando as mãos em seus seios e descendo a camisa após ela se afastar repercutiu nesta segunda-feira (26).

O momento foi publicado nos Stories de Wesley Safadão, que é amigo do religioso e apagou o post assim que foi apontado suposto ato de pedofilia. Nas redes sociais diversas pessoas relatam casos de assédio que foram vítimas por pessoas que frequentavam e até moravam na mesma casa.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos