Simone e Simaria confessam medo de acidentes em estradas

Simone e Simaria - Reprodução Instagram credit:Bang Showbiz
Simone e Simaria - Reprodução Instagram credit:Bang Showbiz

Após o grave acidente de ônibus da dupla Conrado e Aleksandro, no último fim de semana, as sertanejas Simone e Simaria confessaram ter medo de passarem pela mesma situação.

Segundo as "coleguinhas", as duas já passaram por vários perrengues na estrada e, depois do último acidente, que resultou na morte de Aleksandro e outros membros da equipe, as estrelas ficaram ainda mais temerosas.

“Todas as vezes em que a gente entrava no ônibus, sempre dizíamos para o motorista não correr. Podíamos estar atrasadas, mas pedíamos para não correr. Era mil quilômetros por dia e a gente correndo risco de vida”, contou Simaria.

Já Simone comentou que a preocupação de sua equipe aumentou após a morte de Cristiano Araújo, em 2015.

“Lembro que meu irmão veio falar comigo muito preocupado com os acidentes que estavam acontecendo com alguns artistas do sertanejo. Ele falou para mim que ia me dar um pandeiro para eu tocar na estrada e ver ‘se desviava’ (de acidentes que, na época, davam a impressão de acontecer mais com artistas da música sertaneja)“, revelou.

Relembrando e lamentando a trágica morte de Marília Mendonça, a dupla também explicou que já havia um projeto musical entre elas em andamento, mas que foi interrompido pela súbita partida da estrela, após a queda de seu avião.

“Pouco antes da pandemia, os nossos empresários estavam conversando com os empresários de Maiara e Maraisa e da Marília Mendonça para um projeto juntas. Ela foi uma das maiores do nosso segmento e deixa um legado maravilhoso. E pouco tempo atrás, a gente fez o primeiro show com a Maiara e Maraisa. Como é bom juntar as mulheres. Vocês vão ver mais as mulheres juntas”, finalizaram as cantoras.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos