Silvio Santos e SBT são condenados na Justiça de São Paulo por constranger criança

·1 min de leitura
Silvio Santos comandou o 'Programa Silvio Santos' já 40 anos  (Foto: Divulgação / SBT  )
Silvio Santos perdeu o processo em segunda instância (Foto: Divulgação / SBT )

Resumo da Notícia:

  • Silvio Santos teria constrangido uma criança ao perguntar para ela sobre sexo em 2016 na TV

  • A mãe da menina entrou com um processo após o programa ir ao ar no SBT e viralizar na internet

  • A SBT e Silvio ainda podem recorrer da sentença na terceira instância

Silvio Santos e o SBT foram condenados em uma ação que envolve uma criança na Justiça de São Paulo. O apresentador e a TV terão que pagar uma indenização de R$ 50 mil a uma menina e sua mãe que participaram do quadro “Levanta-te” em 2016.

A ação começou após o apresentador fazer um questionamento impróprio à menina. Ele entregava a ela um prêmio de R$ 1.000 por sua participação no “Programa Silvio Santos” e disse: “O que você acha melhor, sexo, poder ou dinheiro?”

Segundo a decisão do desembargador José Aparício Coelho Prado Neto, que relatou o processo no Tribunal de Justiça, a pergunta causou um “imenso constrangimento" à garota. Ele ainda reforçou que o episódio viralizou nas redes sociais e na mídia, o que ampliou a repercussão do programa.

A decisão em segunda instância reforçou a primeira condenação da emissora, que afirmou à época que o SBT e o apresentador tiveram o direito de defesa cerceado. Eles alegaram que o programa do dia não foi analisado pela Justiça na íntegra. Ainda cabe recurso das partes em terceira instância.

Inicialmente a mãe da jovem pedia uma indenização por danos morais de R$ 998 mil, mas a Justiça abaixou o valor ainda na primeira instância de julgamento.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos