Silvero Pereira diz que foi ameaçado após comemorar vitória de Lula

Silvero Pereira atuou como Zaquieu em
Silvero Pereira atuou como Zaquieu em "Pantanal" (Foto: João Miguel Júnior/Globo)

Silvero Pereira desabafou em suas redes sociais sobre ter sido ameaçado pelo síndico do condomínio onde mora, no Rio de Janeiro, após comemorar a vitória de Lula (PT). O ator, que fez sucesso em "Pantanal", publicou um vídeo dando detalhes do ocorrido nesta segunda-feira (31).

“Ontem, um pouco antes do resultado final das eleições, eu voltei para a minha casa, muito feliz, buzinei, entrei na minha área privada da minha casa, cantei muito Lula lá, botei a música alta. Depois, eu saí do condomínio, fechei o portão, e do lado de fora do condomínio, que fique bem claro, na rua, eu cantei, gritei muito Lula lá”, iniciou o artista.

Segundo ele, tudo ia bem até que a comemoração foi interrompida pelo síndico do prédio. O homem surgiu acompanhado de familiares e enquanto o filho pedia calma ao pai, a filha também se manifestava enfurecida.

"Vieram em direção ao portão, dizendo que eu estava desrespeitando o condomínio, sendo que eu estava do lado de fora. Eu estava na rua. A filha dele, então, me chamou de ‘vagabundo’ e que eu deveria respeitar o pai dela. Eu disse: ‘Do que você me chamou?’ E ela: ‘Vagabundo, você é um vagabundo’”, contou Silvero.

No vídeo, o intérprete de Zaquieu lembrou que seu trabalho emprega muitas pessoas e garantiu que nunca deixou de pagar as contas. Segundo ele, o aluguel e o condomínio são pagos até antes da data de vencimento.

“No final, eu recebi uma leve ameaça do síndico, dizendo: ‘O que é teu está guardado. Você vai sofrer sérias consequências com isso’. É isso, agora estou aguardando as consequências do síndico”, finalizou o artista, que recebeu apoio de muitos petistas nos comentários.