Sidney Magal diz que "manda" Faustão calar a boca quando assiste ao "Domingão"

Giselle de Almeida
·1 minuto de leitura
O cantor Sidney Magal. Foto: reprodução/Instagram/sidneymagaloficial
O cantor Sidney Magal. Foto: reprodução/Instagram/sidneymagaloficial

Figura fácil no "Domingão do Faustão", Sidney Magal tem uma relação diferente com o apresentador Fausto Silva no palco e como telespectador. Quando assiste ao programa dominical da Globo diretamente do sofá, o cantor é um pouco mais impaciente com as intervenções do comunicador e até o manda "calar a boca". 

A declaração, reproduzida pelo portal UOL, vai ao ar no próximo episódio da atração de humor "A Culpa é do Cabral", que vai ar na segunda (1º), no canal Comedy Central Brasil.

Leia também

"Ele quer ser engraçado e fazer tudo ao mesmo tempo. Quando estou em casa, eu fico dizendo 'Cala a boca, Faustão' para os outros. Quando estou lá, eu acato e respeito porque sei que é a característica dele", explicou o cantor.

Após a alfinetada, Magal elogiou Faustão, a quem chama de "um grande comunicador e um cara incrível que eu adoro". "Tudo que a gente possa fazer de crítica, será divertida e ele tem consciência disso. Ele tem um pensamento muito rápido", afirmou.

Na conversa, o cantor também lembrou situações inusitadas que enfrentou durante a carreira e suas profissões antes da fama, como vendedor e cabo do Exército.

"Eu fui vendedor e não vendi nada. Tentava convencer e a pessoa dizia que era muito caro e eu dizia que ela estava certa. Depois, servi ao Exército, saí com uma medalha de honra ao mérito. Era o cabo 694 do Oitavo Grupo de Artilharia e Costa Motorizada no Leblon (RJ)", lembrou.