Shakira e Piqué chegam a acordo sobre guarda dos filhos

*ARQUIVO* RIO DE JANEIRO - RJ - BRASIL, 12-07-2014, 16h20: SHAKIRA. Retrato da cantora colombiana Shakira, que se apresenta amanha na final da Copa 2014.  (Foto: Adriano Vizoni/Folhapress)
*ARQUIVO* RIO DE JANEIRO - RJ - BRASIL, 12-07-2014, 16h20: SHAKIRA. Retrato da cantora colombiana Shakira, que se apresenta amanha na final da Copa 2014. (Foto: Adriano Vizoni/Folhapress)

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - A cantora Shakira, 45, e o ex-jogador de futebol Gérard Piqué, 35, chegaram a um acordo sobre a guarda dos dois filhos -Milan, 9, e Sasha, 7- após o fim do casamento. Ele deixará as crianças se mudaram com a cantora para Miami, nas Flórida, nos Estados Unidos, segundo jornal La Vanguardia.

Após 12 horas de negociações, o ex-casal decidiu que os filhos passam o Natal com o jogador, em Barcelona. No início do próximo ano, Milan e Sasha vão se mudar com a mãe para Miami, mas o pai poderá visitá-los sempre que quiser e as as despesas com as viagens serão pagos pelos dois.

"Queremos comunicar que assinamos um acordo que garante o bem-estar de nossos filhos e que será ratificado na Justiça, como parte de um procedimento meramente formal", disse um comunicado divulgado nesta terça e assinado em conjunto pelo ex-casal.

"Nosso único objetivo é oferecer a eles a maior segurança e proteção, e confiamos que sua privacidade será respeitada", acrescenta a nota, que não dá detalhes sobre os termos do acordo.

Em setembro, a cantora quebrou o silêncio e falou pela primeira vez sobre separação à revista Elle. Piqué havia assumido em junho o relacionamento com a relações públicas Clara Chia Marti, 23, após o fim do casamento em junho.

Shakira disse que os filhos Milan, 9, e Sasha, 7 são seu "remédio" e escrever música é como ir a um psiquiatra, só que mais barato. "Sinto que neste momento da minha vida, que é provavelmente uma das horas mais difíceis e sombrias da minha vida, a música trouxe luz".

Segundo ela, a música e o amor da família e filhos são definitivamente algumas das poucas ferramentas que tem para sobreviver a situações extremas. "Isso só me ajuda a processar minhas emoções e dar sentido a elas. E me ajuda a me curar."

Questionada sobre como ela lidou com o fato de não estar mais "junto" com Piqué, que ela conheceu em 2010, Shakira respondeu: "Só posso dizer que coloquei tudo o que tinha nesse relacionamento e na minha família."