Shakes de proteína podem reduzir a expectativa de vida, diz estudo

Vida e Estilo International
Drinking too many protein shakes could reduce lifespan, scientists claim
Cientistas indicam que tomar shakes de proteína em excesso pode diminuir a expectativa de vida.

Sabrina Barr*

Tomar shakes de proteína em excesso pode levar a um risco maior de obesidade e a uma expectativa de vida reduzida, informa uma nova pesquisa.

Já conhece o Instagram do Yahoo Vida e Estilo? Segue a gente!

Um estudo da Universidade de Sydney, na Austrália, determinou o consumo excessivo de aminoácidos de cadeia ramificada (BCAAs) tem no corpo.

Publicado na revista científica Nature Metabolism, o estudo descobriu que embora os BCAAs ajudem a construir músculos, também afetam negativamente o temperamento do indivíduo que os consome, além de levar ao ganho de peso e reduzir a expectativa de vida.

Leia também: Benefícios de incluir amaranto na sua dieta

A equipe descobriu que níveis altos de BCAAs no sangue podem perturbar o sono ao contribuir para níveis menores de serotonina, a “substância da felicidade”, que favorece o descanso.

Para chegar a estas conclusões, os pesquisadores testaram os efeitos dos BCAAs e de outros aminoácidos essenciais nos corpos de ratos. Eles foram alimentados com dobro da ingestão típica de BCAAs ao longo da vida, com a quantidade padrão, com a metade da quantidade padrão, ou um quinto dela.

os animais que receberam o dobro de BCAA, consumiram mais alimentos, o que levou à obesidade e a uma menor expectativa de vida. “Embora dietas ricas em proteínas e pobres em carboidratos sejam benéficas para a função reprodutiva, elas tiveram efeitos prejudiciais para a saúde na meia-idade e na idade avançada”, disse a Dra. Samantha Solon-Biet, autora adjunta do estudo.

*The Independent

Assista a seguir: Série é relacionada a aumento de suicídios nos EUA