Sexo proibido e calote de 200 mil: Brincando com Fogo zerou os realities brasileiros

·3 minuto de leitura
Brincando com Fogo
Brincando com Fogo

A temporada brasileira de 'Brincando com Fogo' deu ao público tudo que prometia: sexo proibido, participantes VTzeiros brigando por atenção, gente tentando passar a perna no colega, dinâmicas auto-irônicas e muito discurso de superação. 

Em meio ao noticiário pesado, o cenário desesperador da pandemia no Brasil e um hiato entre grandes realities como 'BBB' e 'A Fazenda', 'Brincando com Fogo' chegou na hora certa para distrair a cabeça do público sedento por novidades e acabou trazendo algumas das cenas mais bizarras da TV nos últimos meses.

Selecionamos cinco momentos nos quais o reality mostrou que veio pensando na audiência e provando que o brasileiro é mestre na hora de causar na TV.

1. Pegação e sexo nas primeiras 24h

A premissa do reality é simples, mas enganosa: os participantes são convocados achando que estão entrando em um programa de pegação. Na versão original internacional, os confinados se inscrevem em um reality intitulado 'Festas no Paraíso', e depois descobrem que na verdade só acessarão o prêmio final (R$500 mil) caso evitem qualquer tipo de gratificação sexual, incluindo masturbação.

Na edição brasileira, ninguém perdeu tempo: mais de um casal começou a se formar nas primeiras 24h, e vários já foram para o quarto transar. O começo do primeiro episódio mostra o quarto movimentado durante a madrugada, com muito edredom e expressões de prazer. No dia seguinte, uma inteligência artificial chamada Lana acaba com a festa e explica as verdadeiras regras do reality.

Leia também:

2. Beijo quádruplo e pelados na piscina

Mesmo já sabendo as regras, os participantes pareciam empenhados em burlar tudo que fosse possível, e em uma das primeiras festas começaram a se beijar na piscina e tirar a roupa após alguns drinks. A conta saiu caro para os participantes, que perderam 54 mil reais do prêmio de R$500 mil só nessa brincadeira. 

3. Beijo escondido e a primeira briga

Matheus e Brenda se interessaram um pelo outro logo de cara, e o jornalista não hesitou em sugerir à Brenda que os dois se beijassem escondido em todos os momentos possíveis e mentissem para os demais participantes. Brenda não gostou da sugestão e começou a questionar o caráter de Matheus, e os dois logo brigaram.

O que chamou a atenção foi a dinâmica curiosa entre os dois: Matheus seguiu a linha clássica do vilão de reality show buscando redenção, sugerindo algo claramente calculista para depois pedir desculpas alegando falta de auto-conhecimento e uma necessidade de aprender com o erro. A trajetória seria natural e já muito manjada pelo público de realities caso não tivesse acontecido em menos de meia hora dentro do mesmo episódio, um recorde de rapidez que rendeu muitas piadas entre o público nas redes sociais.

4. O momento da suíte

O suposto objetivo do reality é promover um encontro de "almas" entre os participantes, que devem usar o tempo sem sexo para se conhecer melhor e trocar experiências que vão além do corpo. Conforme os casais começam a ter conversas mais significativas e momentos de intimidade, Lana começa a liberar alguns mimos. No caso de Matheus e Brenda, o presente foi claramente uma sabotagem do programa: o casal ganhou uma noite sem colegas de quarto na suíte da mansão, o que preocupou os demais participantes, que já previram que o dinheiro do prêmio iria desaparecer.

5. Cinco transar e calote de R$200 mil

E o esperado realmente aconteceu: durante a noite na suíte, Matheus e Brenda transaram cinco vezes e perderam R$200 mil do prêmio de R$500 mil. A decisão rendeu muitas brigas entre os demais participantes, mas o casal não se arrependeu da decisão.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos