Grupos de WhatsApp podem ser bons para sua saúde mental

Pessoas que passam mais tempo no aplicativo de conversas relataram uma boa qualidade nos relacionamentos com seus amigos e familiares. [Foto: Getty]

Costumamos reclamar ocasionalmente das conversas em grupo no WhatsApp, mas um novo estudo descobriu que fazer parte deles pode ter um efeito positivo no bem-estar psicológico.

Já conhece o Instagram do Yahoo Vida e Estilo? Segue a gente!

Em meio a preocupações sobre os efeitos do tempo de tela no nível de atenção e nos níveis de ansiedade de um usuário, esse é um resultado positivo.

Leia também

O estudo, intitulado ‘Psychosocial Outcomes Associated with Engagement with Online Chat Systems’ (Resultados Psicossociais Associados ao Engajamento com Sistemas de Bate-Papo Online, em tradução livre), analisou a relação entre o uso de aplicativos de mensagens de texto com a função de chats em grupo (sendo o WhatsApp o mais popular deles) e o nosso bem estar emocional.

Os pesquisadores reuniram uma amostra de 200 usuários, consistindo em 158 mulheres e 42 homens, com uma idade média de 24 anos.

Aqueles que ficam mais tempo no aplicativo relataram ter relacionamentos de maior qualidade com seus amigos e familiares.

“Há vários debates sobre o impacto das redes sociais no nosso bem-estar, mas descobrimos que a situação pode não ser tão ruim quanto imaginávamos,” disse a coautora do estudo, Dra. Linda Kaye, professora de psicologia da Universidade de York.

“Quanto mais tempo as pessoas passam no WhatsApp, mais próximas se sentem de seus amigos e familiares, e avaliam estes relacionamentos como sendo de boa qualidade”.

Além disso, aqueles que se sentiam mais identificados com os grupos no WhatsApp apresentaram uma maior autoestima e habilidade social.

“Quanto mais próximas as relações eram, e quanto mais as pessoas se identificavam com seus grupos no WhatsApp, mais positiva era a influência na sua autoestima e habilidade social,” disse Kaye.

“Isso dá origem ao conceito de que a tecnologia social, como o WhatsApp, pode estimular os relacionamentos existentes e criar oportunidades de comunicação, melhorando aspectos do bem-estar do usuário,” acrescentou.

Então, na próxima vez em que você reclamar das intermináveis mensagens de grupos no seu celular, lembre-se: é para o seu próprio bem.

Francesca Specter