Sete vezes que Luísa Sonza militou e lacrou

Luísa passou a ser cancelada e ter o seu talento e fama questionados. (AP Photo/Bruna Prado)
Luísa passou a ser cancelada e ter o seu talento e fama questionados. (AP Photo/Bruna Prado)

Dona de hits como “Anaconda”, “Penhasco” e “Modo Turbo”, a cantora Luísa Sonza se tornou um dos grandes nomes do pop brasileiro nos últimos anos. Só em 2021, a artista foi indicada a nove premiações no MTV Miaw - e apesar de não ter recebido nenhum dos prêmios, não dá para negar o prestígio da gata.

A cantora já passou por situações bastante delicadas, especialmente após o término do romance com o humorista Whindersson Nunes, com quem foi casada até 2020. Luísa passou a ser cancelada e ter o seu talento e fama questionados, e a forma como lidou com a situação serviu de exemplo para muitas mulheres.

Sonza, no entanto, mostrou que de “sonsa” não tem nada e já se pronunciou e militou várias vezes - tanto em situações envolvendo o seu nome como em defesa de minorias e críticas ao governo do ex-presidente Jair Bolsonaro. A seguir, selecionamos sete momentos que Luísa Sonza lacrou!

Nude vazado

Luisa Sonza no WME Awards na Áudio em São Paulo. (Foto: Leo Franco/ Agnews)
Luisa Sonza no WME Awards na Áudio em São Paulo. (Foto: Leo Franco/ Agnews)

Para começar a lista de lacrações da cantora, vale relembrar um momento bem delicado e triste quando a diva, em 2019, teve um nude vazado em seu próprio Instagram. A cantora comentou o caso muito abalada na época:

"Acordei com todo mundo me ligando desesperadamente. Vi que foi postada uma foto pelada no meu Instagram, provavelmente por alguém que tinha a minha senha, pode até ser alguém da minha equipe. Mandei essa foto para o meu marido porque estava com saudades. É isso, tem uma foto minha pelada pra todo mundo ver”.

Ela buscou a justiça e, depois, com mais calma, voltou a falar do assunto em suas redes sociais, aconselhando mulheres que passaram ou que podem vir a passar a não se deixarem abalar:

“Não se abalem. É ruim, é difícil, as pessoas vão te falar um monte de coisa, mas eu não vou ficar mal. É só mais um peito, mais um corpo”.

“Governo genocida”

(Foto: Reprodução/Instagram @luisasonza)
(Foto: Reprodução/Instagram @luisasonza)

Não foram raras as vezes em que Luísa Sonza se manifestou contra o governo de Jair Bolsonaro. O posicionamento político é sempre uma questão delicada entre os artistas. Muitos preferem não se manifestar, mas, sem dúvidas esse não é o caso da dona do hit “Modo Turbo”.

Após a morte de Paulo Gustavo, Luísa militou nas redes sociais demonstrando toda a sua revolta contra o “descaso de um governo genocida”, disse ela em um post no seu Twitter.

#vivaoSUS #foraBolsonaro

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.

Muitos artistas usaram suas redes sociais em defesa do SUS, da vacina e contra o negacionismo. Luísa Sonza não ficou de fora, e publicou uma foto tomando a primeira dose da vacina contra a Covid, e fez questão de deixar o seu “Fora Bolsonaro” e “Viva o SUS” na legenda.

Ainda no post, a diva lamentou as 500 mil mortes pelo vírus, de pessoas que não tiveram a mesma chance que ela de tomar a vacina.

Mutirão de “(des)likes”

A música Flores foi lançada no dia dos namorados, em 2020 (Foto: Reprodução/YouTube)
A música Flores foi lançada no dia dos namorados, em 2020 (Foto: Reprodução/YouTube)

Após o término do casamento com Whindersson Nunes, o primeiro lançamento da cantora foi em junho do mesmo ano, em parceria com o cantor Vitão, o hit "Flores". O clipe, assim como os artistas, sofreram uma série de ataques dizendo que o trabalho era desrespeitoso com o humorista.

A situação evidenciou o tratamento dado para homens e mulheres após o término de uma relação. Enquanto Whindersson recebeu uma série de mensagens de apoio, Luísa precisou lidar com uma chuva de “deslikes” no clipe lançado no YouTube.

A equipe da artista propôs deixar as curtidas em modo privado, mas a cantora recusou e militou: “Não vou privar porque quero que as pessoas vejam como as mulheres são tratadas até quando só estão fazendo seu trabalho nesse país”, disparou.

"Velha da lancha"

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.

Avisa que é ela! Aproveitando o verão com o, até então namorado, Vitão e amigos em uma lancha, a cantora recebeu algumas críticas, e uma em especial chamou a sua atenção: um homem que criticou “as mulheres” por postarem foto na lancha, mas não do “velho” que estava bancando o passeio.

Certeira na resposta, a nossa Mulher do Ano rebateu em seu Twitter: "E eu que esses dias fui obrigada a escutar de um cara que mulheres adoravam postar foto na lancha, mas não gostavam de mostrar o velho que pagava a lancha. A gente estava numa lancha. Adivinha quem estava pagando a lancha? Sim. Eu”.

O recado já tinha sido dado: a Luísa é “braba” mesmo!

Música Intere$$eira

O álbum "Doce 22" foi uma verdadeira afronta a todo ataque machista que a artista sofreu ao longo de 2020 e 2021, mas não tem como deixar de destacar a música “Intere$$eira”, um dos maiores destaques do álbum.

Cansada por ter aguentado “calada” os vários comentários negativos a seu respeito, Sonza começa a música trazendo todos os adjetivos que ouviu ao longo dos últimos dois anos e ainda provocou os que a criticaram tanto: “como é me ver com milhões dizendo que eu não valia nada?”.

Além desse hit, o álbum contou com outras músicas que também quebraram a internet, como “Penhasco”, onde a artista exterioriza sobre o fim do relacionamento com Whindersson.

Publicação do clipe Mulher do Ano em site pornô

Luísa Sonza e Vitão protagonizam cenas quentes no clipe
Luísa Sonza e Vitão protagonizam cenas quentes no clipe "Mulher do Ano" (Foto: Reprodução/YouTube)

O clipe Mulher do Ano, do álbum Doce 22, em que Luísa aparece aos beijos em cenas quentes dentro de um carro com Vitão, foi derrubado pelo YouTube.

Revoltada com a situação, a cantora criticou a plataforma e ainda cutucou dizendo que os vídeos com discursos irresponsáveis do presidente Jair Bolsonaro eram mantidos, mas o dela não.

Em forma de protesto, a diva publicou seu clipe em um site pornográfico. O que parecia ser um blefe feito por ela em suas redes sociais, se tornou realidade.