Séries que não venceram o Emmy 2022, mas que merecem atenção

"Only Murders in the Building", "Ruptura" e "Dopesick" concorreram ao Emmy 2022. (Foto: Divulgação/Star+/Apple TV+)
"Only Murders in the Building", "Ruptura" e "Dopesick" concorreram ao Emmy 2022. (Foto: Divulgação/Star+/Apple TV+)

O Emmy Awards, principal premiação da televisão norte-americana, aconteceu na última segunda-feira (12) e homenageou as produções que tiveram os maiores destaques no último ano, como “Round 6”, “The White Lotus”, “Ted Lasso” e “Succession”.

Muitas séries que foram aclamadas pela crítica e receberam elogios do público não receberam os principais prêmios da noite, o que não significa que não merecem ser vistas. Confira uma lista de seriados que valem a pena conferir:

  • “Only Murders in the Building”

Martin Short, Steve Martin e Selena Gomez são os protagonistas de
Martin Short, Steve Martin e Selena Gomez são os protagonistas de "Only Murders in the Building". (Foto: Divulgação/Star+)

A comédia do Hulu está disponível no catálogo do Star+ e é perfeita para quem ama histórias de crimes reais. A trama de “Only Murders in the Building” acompanha três moradores do Arconia, condomínio de luxo em Nova York, que são apaixonados por podcasts criminais. Quando um misterioso assassinato acontece no prédio, eles decidem dar inicio ao seu próprio programa de áudio enquanto tentam desvendar o caso.

  • “Dopesick”

 Michael Keaton estrela a minissérie
Michael Keaton estrela a minissérie "Dopesick". (Foto: Divulgação/Star+)

"Dopesick" perdeu o prêmio de "Melhor Série Limitada ou Antologia", mas Michael Keaton levou a estatueta de “Melhor Ator” por seu trabalho na minissérie. A trama é baseada no livro homônimo best-seller do New York Times, escrito por Beth Macy.

Os episódios contam a história da crônica crise que os Estados Unidos sofrem há anos com opióides e seu uso indiscriminado no país. O caso gerou uma sucessão de viciados em remédios controlados e foi também o responsável por um alto índice de mortes.

  • “The Dropout”

Amanda Seyfried como Elizabeth Holmes em
Amanda Seyfried como Elizabeth Holmes em "The Dropout". (Foto: Divulgação/Star+)

Protagonizada por Amanda Seyfried, a série “The Dropout”, do Star+, acompanha Elizabeth Holmes, CEO da Theranos, que afirmou ter criado uma revolucionária tecnologia de exame de sangue, capaz de entregar resultados pela internet a partir de apenas uma gota de retirada do dedo.

  • “Yellowjackets”

“Yellowjackets” é uma série original do Paramount+. (Foto: Divulgação/Paramount+)
“Yellowjackets” é uma série original do Paramount+. (Foto: Divulgação/Paramount+)

“Yellowjackets” chegou ao Brasil pelo Paramount+ e acompanha um time de talentosas jogadoras de futebol do ensino médio que sobrevivem a um acidente aéreo. Elas se tornam um clã de selvagens após passarem anos na região inóspita e descobrem que o que começou na natureza selvagem está longe de acabar.

  • “Ruptura”

Adam Scott é o protagonista da série
Adam Scott é o protagonista da série "Ruptura". (Foto: Divulgação/Apple TV+)

Lançada pela Apple TV+, "Ruptura" virou assunto nas redes sociais por contar com uma história de "explodir a mente". A série gira em torno de Mark, líder de uma equipe de funcionários que tiveram as memórias cirurgicamente divididas entre vida profissional e pessoal. Quando uma das integrantes da equipe desaparece, ele tenta descobrir a verdade sobre o local em que trabalha.