Sergio Malheiros diz que vilão de 'Totalmente Demais' foi divisor de águas para sua carreira

LEONARDO VOLPATO
*ARQUIVO* SALVADOR, BA, 04.02.2016: Retrato do ator Sergio Malheiros no Carnaval de Salvador. (Foto: Raul Spinassé/Folhapress)

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O ator Sergio Malheiros, 27, tem muito orgulho de ver as maldades protagonizadas por seu personagem, o malandro Jacaré, em "Totalmente Demais", trama em reprise na faixa das 19h na Globo. O papel foi uma espécie de divisor de águas na carreira do carioca e o ajudou a transformar sua imagem perante as câmeras.

"Jacaré foi meu primeiro vilão e foi uma experiência muito legal. Eu fiz muitos trabalhos na TV desde criança, e as pessoas me viam com muito ternura. O desafio, portanto, era tentar suprimir essa imagem e dar espaço a uma nova persona", diz o ator, que na época tinha 23 anos.

Os trabalhos aos quais Malheiros se refere foram os primeiros dele na Globo. Um deles foi no programa Gente Inocente (2000-2002), no qual Marcio Garcia colocava crianças para entrevistar famosos. Com o sucesso repentino, a emissora começou a olhar para aquele garoto de uma forma artística e quis aproveitá-lo em suas novelas.

A primeira delas foi "Da Cor do Pecado" (2004). Naquela história ele já despontava com talento na pele do garoto Raí. Tinha 11 anos. No ar agora na pele de Jacaré, um malandro carioca que vive incomodando os comerciantes informais do centro da cidade, o ator conta que estreitou a relação com Felipe Simas, que na história de Paulo Halm e Rosane Svartman interpreta o protagonista Jonatas.

A trama de Paulo Halm e Rosane Svartman foi exibida entre 2015 e 2016. Malheiros conta como enxerga os personagens agora. "O mais legal dessa novela é a inteligência do roteiro, que tem uma verticalização no caráter de todos os personagens. E com o Jacaré não é diferente. O autores mostram como ele chegou a ser quem ele é, num final surpreendente. Estou muito ansioso para acompanhar esta narrativa mais uma vez."

Com o avanço da pandemia do novo coronavírus, a Globo teve de fazer ajustes em sua programação, já que a continuidade das gravações estava inviável. "Achei que reapresentar uma versão nova dos grandes sucessos foi uma solução muito inteligente da Globo. Além dos problemas físicos e econômicos, o isolamento também mexe muito com a nossa cabeça e é importante se desligar das notícias por algumas horas. Fiquei especialmente feliz em saber que 'Totalmente Demais' seria uma das obras reapresentadas. Até hoje as pessoas ainda falam comigo sobre o Jacaré", afirma Malheiros.

Na opinião do ator, o público está revendo uma trama bem escrita, com uma direção inteligente e paixão. "É uma história de muita esperança. E essa é uma palavra fundamental para esse momento." Rever a novela quatro anos depois que sua versão original foi ao ar também faz Malheiros relembrar de momentos marcantes dos bastidores.

Segundo Malheiros, as cenas que envolviam as vilanias de seu personagem aconteciam de noite, o que mudava toda a logística e o clima. "Nós filmamos durante um mês inteiro de noite no centro do Rio de Janeiro. As gravações começavam às 22h, hora que o centro começava a esvaziar, e terminavam às 6h. Mas eu chegava em casa tão agitado que só conseguia pegar o sono umas 9h ou 10h. Foram quatro semanas trocando o dia pela noite."

Em uma dessas cenas, Jacaré briga com Jonatas e o joga dentro de um galpão abandonado em chamas. E quem salva o jovem é a mocinha Elisa (Marina Ruy Barbosa) e o empresário Arthur (Fabio Assunção).

OUTROS PLANOS

Sergio Malheiros estava cheio de planos antes de a pandemia começar no Brasil e o isolamento social ser determinado. As preparações para voltar ao cinema eram intensas. "Eu estava me preparando desde janeiro para começar a rodar um filme agora em março. Mas as gravações foram adiadas", afirma o ator, que também pode ser visto na pele do traficante Wilbert na série da Fox "Impuros", disponível nas plataformas da Fox e do Globoplay.

Segundo o ator, as notícias pesadas sobre mortes pelo coronavírus têm mexido com o seu cotidiano. "Ainda não consegui estabelecer uma rotina de produção e de estudo em casa. Tenho ficado muito ansioso, pendurado na GloboNews o dia todo", desabafa.

"A Sophia está me ajudando aqui com a meditação e me desligando um pouco das notícias", diz o ator sobre a namorada e atriz Sophia Abrahão, 28. Os dois se conheceram durante as gravações da novela "Alto Astral" (Globo, 2014-2015) -eles faziam par romântico Gaby e Emerson. O namoro começou em 2015 e, no ano seguinte, eles foram morar juntos.