Sequência de “Pantera Negra” tem estreia de US$330 milhões nos cinemas mundiais

Letitia Wright na premiere do filme em Londres

Por Lisa Richwine

LOS ANGELES (Reuters) - A aventura da Marvel Studios "Pantera Negra: Wakanda Para Sempre" vendeu 330 milhões de dólares em ingressos em todo o mundo no fim de semana de estreia e estabeleceu um recorde de bilheteria para novembro nos Estados Unidos e no Canadá, segundo estimativas da distribuidora Walt. Disney Co neste domingo.

A sequência do sucesso de bilheteria "Pantera Negra", indicado ao Oscar em 2018, arrecadou cerca de 180 milhões de dólares nos cinemas norte-americanos de quinta à noite até domingo, o maior total de todos os tempos para uma estreia de filme em novembro.

O recordista anterior para novembro, o filme de 2013 "Jogos Vorazes: Em Chamas", estreou com 158,1 milhões de dólares internamente.

Fora do mercado norte-americano, "Wakanda Para Sempre" arrecadou 150 milhões de dólares de quarta a domingo.

O filme foi a obra de maior bilheteria para o fim de semana em todos os mercados, disse a Disney.

A Marvel teve que retrabalhar o filme depois que o ator Chadwick Boseman morreu de câncer em 2020, pouco antes do início das gravações.

Boseman interpretou o rei T'Challa, o amado líder da fictícia Wakanda, no filme original "Pantera Negra".